Game of Thrones 5x06 | Unbowed, Unbent, Unbroken


[spoilers]

Disse na review passada que essa me parecia a temporada mais irregular de Game of Thrones, possivelmente por se afastar cada vez mais dos livros, visto que são o fio condutor de tudo que vemos em tela. Por outro lado, é inegável como a série sabe amarrar tudo aquilo que propõe ao longo de cada episódio, mesmo o detalhe que aparenta ser mais desinteressante volta a ser utilizado adiante, dando, ao menos a mim, a tranquilidade de que eles não vão deixar a trama desandar.

Sansa
O sofrimento de Sansa parece nunca ter fim. Mesmo em casa, está cercada das pessoas que mais odeia e que representam real perigo para ela. No entanto, movida pela confiança que Mindinho depositou nela, e as mensagens de afeto do povo do Norte, a jovem Stark parece saber de seu valor, nos agraciando com a sensacional cena em que responde confiante para a enciumada Myranda:

"Eu sou Sansa Stark de Winterfell.
Esse é o meu lar e você não vai me assustar."

Foi a primeira vez que vi Sansa brandar o nome da família e do lar com orgulho, acreditando de fato no que está dizendo. A chegada de Fedor logo em seguida (de banho tomado, quem diria), só confirmou a promessa de sadismo proposta por Ramsay no episódio passado, e ele a acompanhou até a grande árvore branca, numa clara sensação de marcha fúnebre. Dois detalhes me chamaram a atenção: a hesitação de Theon ao dizer que era protegido de Eddard Stark (o ator vem fazendo um grande trabalho) e o vestido de casamento de Sansa, que reúne elementos dos Stark (a pele nos ombros) e dos Tully (as abotoaduras em formato de peixes), família de sua mãe.

A cena de estupro foi chocante, não só pelo ato em si (que é deplorável por si só), mas novamente pelo sadismo de Ramsay em fazer Theon assistir a tudo. O sofrimento de Greyjoy (confesso que já sinto pena dele), o sofrimento de Sansa... Tudo ali me partiu o coração. Sei que George Martin é um autor que foge a todo custo dos esteriótipos, mas chegou a hora do público ter um momento de alegria. Os Starks precisam de uma reviravolta, e sinto que ela está chegando.


Jamie
Ainda que tenha sido interessante ver um pouco mais do fantástico visual de Dorne, foi ali que tivemos os piores momentos do episódio. A começar pela facilidade com que Jamie e Bronn invadiram a cidade, sem qualquer obstáculo. Seguido pela abordagem das filhas de Oberyn, que diferente do pai, não convencem em momento algum, protagonizando provavelmente a pior cena de batalha que já vi na série. Me pergunto qual sera o desfecho dessa subtrama, agora que todos estão sob a custódia dos Martell.

Cersei
Em Porto Real, tivemos a continuidade da trama da Fé Militante, algo que tem tornado o arco de Cersei bem desinteressante até aqui. A cena do julgamento de Loras, apesar de plasticamente bela pela fotografia empregada e por seu desfecho (que proporcionou quase um xeque-mate para a Rainha Mãe), me soou novelesca e óbvia. Ao menos o encontro de Mindinho e Cersei rendeu bons frutos. Ainda me impressiono com a capacidade que Lorde Baelish tem de vestir suas máscaras, algo que agora o deixa a alguns passos de se tornar o protetor do Norte. E não duvido que ele consiga.

Arya
Na casa do preto e branco, Arya segue sua jornada de mistério, sem entender (assim como nós) o que realmente se passa ali. Ao sacrificar a garotinha, provou a Jaqen que estava pronta para dar o próximo passo. Não estava muito satisfeito com a ideia da jovem Stark perder sua identidade, afinal, ela ainda tem muito a fazer nessa história. Por isso, quando o Jaqen diz que ela está pronta para se tornar outro alguém, só me resta torcer para ver bundas sendo chutadas por Arya no futuro.


Tyrion
Por fim, tivemos os momentos de interação entre Tyrion e Jorah, que também renderam ótimas cenas. A começar pelos dois dialogando sobre seus pais, atualizando um ao outro. Foi interessante ver como Mormont tinha respeito pelo pai, e também como visivelmente passou a respeitar um pouco mais o Meio-Homem após ter conhecimento de seu passado. Agora que foram sequestrados pelos piratas (Mr. Eko!), será que finalmente os veremos chegar a Meereen? Torço para que não aconteça somente no último episódio. Que Tyrion proteja seu pênis anão até lá.

Até semana que vem!

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...