Game of Thrones 6x02 | Home


[spoilers]

E Game of Thrones mais uma vez parou a internet, algo que promete se repetir domingo a domingo até o fim da temporada. Com isso, fica cada vez mais difícil acompanhar a série se você não é assinante HBO, pois a enxurrada de spoilers está cada vez mais letal. Bastam minutos do fim do episódio para montagens e gifs do momento mais importante da trama pipocarem em nossa timeline e isso definitivamente é uma pena. Eu até entendo o hype gerado, as vezes fica difícil não comentar, mas é que é tão chato assistir algo tão marcante já sabendo o que vai acontecer. Infelizmente esse é um cenário que parece distante de mudar, mas, enfim, vamos falar sobre Home.

Tyrion
Esse foi uma episódio cheio de grandes momentos e Tyrion foi responsável por um deles. Demonstrando todo seu conhecimento sobre dragões, tema que sempre o fascinou, o Meio-Homem tentou sua primeira investida com os filhos de Daenerys, acorrentados no calabouço de Meereen. E para nossa surpresa ele foi bem sucedido, ao demonstrar respeito às feras e contar um pouco de sua história de admiração. Foi um momento tocante, pois percebia-se que Tyrion estava emocionado ao proferir suas palavras, como se estivesse, de fato, realizando um sonho. Crescem as teorias de que o anão pode ser um Targaryen? Acho pouco provável, mas há deixas que fomentam essa hipótese.

Arya
Não tão longe dali, Arya permanece como mendiga naquele que novamente foi o momento que chamou menos atenção. A trama da jovem Stark parece estagnada há duas temporadas, visto que nada que vimos nesses 2 episódios fez a história dela caminhar. Sabendo da idolatria criada pelos leitores de As Crônicas de Gelo e Fogo para com a personagem, espero sinceramente que sua trajetória dê uma guinada nos próximos capítulos, do contrário será bem decepcionante.


Cersei
Em Porto Real pudemos perceber que Cersei já começou a fazer a limpa naqueles que a difamam e está utilizando do Montanha zumbi para fazê-lo. A cena em que o "gigante" esmaga a cabeça do bêbado na parede é impressionante. Ao mesmo tempo, está sendo interessante ver a postura de Jaime, que parece também querer vingança a qualquer custo. Seu primeiro embate com o Alto Pardal foi muito bacana, apesar do Regicida ter amarelado no fim das contas. Seus conselhos, no entanto, fizeram com que o Rei Tommen se reaproximasse da mãe, e são sempre tocantes e sinceras as cenas em que Cersei dirige-se aos filhos. Aguardo bons momentos dessa trama.

Sansa
No 6x02 tivemos os primeiras interações de Sansa com Brienne, algo que esperamos tanto para ver. Por outro lado, Theon deve deixar de seguir viagem com eles para retornar a Ilha de Ferro e reencontrar sua família. Ele teme sua execução por conta das traições que cometeu, ainda que mostra-se completamente arrependido. É curioso perceber também o carinho e agradecimento de Sansa no abraço que compartilharam, mostrando que por mais que Theon tenha feita tudo que fez, ele ainda é o mais próximo da figura de um irmão para a jovem. Momentos como esse me fazem torcer como nunca para que os irmãos Stark, em algum momento, voltem a se encontrar. Será marcante, sem dúvida. Vale citar também a reintrodução do núcleo da Ilha de Ferro e o assassinado do pai de Theon pelo próprio irmão, uma nova peça do extenso tabuleiro de Game of Thrones.

Bran
Como foi legal rever Bran depois de tanto tempo, ainda mais se percebermos que seu intérprete teve uma clara evolução de atuação, agora mais maduro. Além disso, a inclusão de Max von Sydow como o Corvo de Três Olhos é de se bater palmas, tendo em vista o grande ator que é. A dinâmica entre os 2 me parece muito promissora, especialmente pelo leque de possibilidades que isso nos trás. Não sei vocês, mas as cenas do flashback em Winterfell me agradaram demais, e muita coisa na série deve ser respondida através das "viagens" que a dupla fará no "espaço/tempo". Eu ouvi alguém falar na Torre da Alegria por aí? Haja coração amigo. E digo mais, quem diria que Hodor falava algo além de seu nome no passado?


Ramsay
Se no Brasil está tendo golpe ou não eu não sei, mas em Winterfell teve. Ramsay segue sendo o grandíssimo filha da puta de sempre e matou seu pai, o querido (só que não) Roose Bolton, tornando-se o novo Lorde. Sobrou até para a esposa e o filho recém nascido, que foram dilacerados pelos cães do bastardo. E devo aqui confessar a vocês uma de minhas grandes frustrações com GoT: o fato de alguns "vilões" morrerem de formas banais, sem que os "heróis" tenham oportunidade de "dar o troco". Foi assim com o Rei Joffrey, foi assim com Lorde Bolton. Arya não teve sua vingança com o primeiro, e os Stark igualmente com o segundo. O casamento vermelho ainda está guardado na memória. O Norte se lembra.

Davos
Enfim, o momento que fez a internet parar. Relatei para vocês a minha insatisfação no episódio passado pela série adiar o que todos esperavam a 1 ano, o retorno de Jon Snow. Por isso, fico feliz que GoT não tenha adiado esse momento por muito mais tempo. Nosso bastardo favorito voltou à vida, numa das cenas que promete ficar marcada na história do mundo das séries. Davos exerceu papel fundamental para isso, motivando Melisandre a "fazer sua mágica", por assim dizer. E que trabalho vem fazendo Carice van Houten como a sacerdotisa vermelha, transmitindo milhões de sentimentos com um olhar perdido e sua expressão desiludida. Nem ela acreditava que a magia funcionaria. Mas funcionou. E foi incrível. O que mais gostei foi a forma singela que montaram a cena, mostrando o Fantasma dormindo ao chão e abrindo os olhos ao sentir a presença de Jon Snow novamente. 

Preparem seus corações, agora a temporada começou de verdade. Até semana que vem!

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...