CCXP17 | Jurassic Day

Foto: Daniel Deák

O primeiro dia de CCXP17, ao menos oficialmente, já que tivemos a Spoiler Night, foi marcado por muita coisa interessante, mas também algumas decepções que abordaremos a seguir. O fato é que o evento está tomando uma proporção tão grande, que até mesmo o dia teoricamente mais vazio (quinta-feira) está bem cheio. Imagina o sábado, que está esgotado!

Minha jornada começou dando mais um passeio pela feira, tentando participar de algumas atividades das quais não havia tido tempo de curtir na noite anterior. A primeira delas  foi o "martelo de força" de "Rampage: Destruição Total", o novo filme do The Rock, lá no estande da Warner Bros. Trata-se basicamente de pegar o martelo e atingir o alvo o mais forte possível. Se bater o teto estipulado você ganha um prêmio surpresa. Que pra mim continua sendo surpresa, porque não consegui...

Também pude ver com mais detalhes o estande da HBO que trouxe (se não estou falhando nas contas) 4 atrações: um tour pelas atrações da HBO GO, um tour de Game of Thrones, um tour de Westworld e a possibilidade de gravar um vídeo em 360º combatendo os White Walkers (bem legal, por sinal). Minha decepção foi com a atração de Westworld, que tenta simular a nossa entrada no mundo da série, mas falha miseravelmente. No fim, havia a promessa de cenas inéditas da 2ª temporada, mas pouco se viu. Definitivamente uma atração que não vale esperar na fila.

Ah.. também fotografei mais algumas action figures incríveis! Confere abaixo:


Pra encerrar o dia, resolvi acompanhar as atrações do Auditório Cinemark, aproveitando que as filas estavam amenas. O primeiro painel que acompanhei foi o de Game of Thrones, com o ator Dean-Charles Chapman, o nosso falecido Rei Tommen Baratheon. Apesar de ser sempre interessante assistir algum conteúdo relacionado a série, a atração em si ficou abaixo das expectativas, pois o público parecia desinteressado e o ator, por interpretar um personagem "menor" na trama, também não tinha muito a compartilhar conosco.

Dois apontamentos que fiz na cobertura da CCXP do ano passado e que voltarei a fazer aqui. É muito triste que os painéis principais não sejam mais abertos para pergunta, limitando a participação do público apenas aos gritos e aplausos, que são empolgantes, mas não proporcionam grandes momentos de interação entre fãs e convidados. Além disso, o problema do vazamento de áudio externo para dentro do auditório continua presente e, arrisco dizer, pior que o ano passado. Digo isso pois ao lado do auditório há uma atração de Jurassic Park que simula sons do T-Rex e tudo mais. Nem preciso dizer que quando o dinossauro começa a "berrar" o auditório inteiro escuta, não é mesmo? Uma pena, especialmente nos painéis mais quietos, como os oferecidos pela VFX.

No entanto, a noite seria mesmo da Universal Pictures, com a estreia exclusiva do primeiro trailer de Jurassic World: Reino Ameaçado. O público presente no auditório foi o primeiro no mundo a assistir o vídeo, o que convenhamos, é MUITO bacana. Conteúdos exclusivos é o que faz a espera valer a pena, e o trailer em si foi sensacional. Ele inclusive já foi liberado na internet e você pode conferir clicando AQUI.

Mas vou ser sincero com vocês, dois momentos fizeram valer o dia todo: um recado em vídeo do mestre Steven Spielberg (que me fez ficar com olhos cheios de lágrimas) e o momento em que a Universal levou ao palco uma orquestra para tocar o tema de Jurassic Park para todos os presentes. De arrepiar. De emocionar.


Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...