And the Oscar goes to... Martin Scorsese

Martin Scorsese já havia sido indicado ao Oscar de Melhor Diretor por cinco vezes antes de finalmente receber o prêmio: Touro Indomável (1980), A Última Tentação de Cristo (1988), Os Bons Companheiros (1990), Gangues de Nova York (2002) e O Aviador (2004). O diretor poderia ter recebido a estatueta por qualquer um dos filmes citados, e chega a ser um absurdo que não tenha ganho por alguns deles, mas a mesma só veio por Os Infiltrados (2006).

O mais interessante de tudo isso é constatarmos que Scorsese esteve presente ao longo de décadas entregando aos espectadores filmes marcantes, alguns inesquecíveis. E não é fácil atingir essa maestria e qualidade por tanto tempo. O momento de sua premiação não poderia ter sido mais especial, pois foram chamados ao palco Francis Ford Coppola, George Lucas e Steven Spielberg, amigos de décadas do diretor e que cresceram juntos ao longo de todo esse tempo na cinematografia. Todos já haviam sido reconhecidos por seus trabalhos dirigindo (menos Lucas, por motivos óbvios) e a piada antes da entrega da estatueta cita justamente isso.

Um momento marcante, para todo cinéfilo que se prese, sem dúvida. Martin Scorsese voltou a ser indicado ao Oscar recentemente, por seu trabalho em A Invenção de Hugo Cabret (2011).

Comentários

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...