5 Motivos Para Você Assistir: True Detective

"Touch darkness and darkness touches you back."

Hoje falarei sobre uma série recém lançada pela HBO e que vem empolgando àqueles que estão a acompanhando, e aqui me incluo. Falo de True Detective, drama estrelado por Matthew McConaughey (Clube de Compras Dallas) e Woody Harrelson (Zumbilândia), dois atores habituados com o Cinema, mas que apostaram nesse projeto promissor. A proposta do seriado, que terá apenas 8 episódios, é narrar uma trama investigativa e de suspense, encerrando a história com o fim da temporada, abrindo assim a possibilidade de um 2º ano, com novos protagonistas e uma nova história. Algo semelhante ao que American Horror Story faz atualmente. Listarei 5 bons motivos para você começar a assistir a série, mas antes, uma breve sinopse.

True Detective narra a história de Rust Cohle (McConaughey) e Martin Hart (Harrelson), dois detetives que, após 17 anos, retornam ao Estado da Louisiana para servirem de testemunhas em um perturbador caso de assassinado que foi reaberto, e que foi investigado pelos mesmos, no passado. A trama é bastante envolvente, e alterna os fatos atuais, em 2012, com os do passado de 1995, possibilitando alternativas narrativas bastante interessantes. Dito isso, vamos então aos 5 motivos!


Detetive Rust Cohle
 PROTAGONISTAS 

Um dos pontos mais interessantes e que mais chamou minha atenção assistindo a série são seus 2 protagonistas. Ambos são retratados de forma extremamente humana e, portanto, repletos de falhas, ainda que extremamente competentes como detetives. Marty, como é conhecido Martin, é um pai de família, religioso, que tenta conciliar a dura jornada da profissão com a criação de duas filhas pequenas. Mas engana-se quem acha que ele é um exemplo de ser humano. Rust, por sua vez, é um homem traumatizado pelo passado após o falecimento de sua filha pequena, fato que levou seu casamento a desmoronar. Só lhe restou a profissão, a qual agarra-se com afinco, numa espécie de válvula de escape. Esses são resumos simplistas de suas histórias, pois os personagens possuem muito mais facetas do que posso aqui descrever, e vocês só poderão descobrir assistindo a série. 

O destaque, sem dúvida, é a atuação de Harrelson e McConaughey, ambos estão muito bem em tela. O segundo especialmente. Mesmo a série ainda estando em seu 3º episódio no momento em que escrevo esse post, arrisco dizer que o Emmy já tem dono esse ano.

 ROTEIRO 

Toda boa série que se preze precisa de um bom roteiro. Essa é uma frase batida, porém nunca deixa de ser verdadeira. A trama aqui é muito bem construída, sabendo alternar com precisão as duas linhas temporais que a história acompanha. O roteiro aborda temas muito interessantes como a natureza do ser humano, religião e, claro, o dia a dia de uma investigação criminal. Há diálogos inspiradíssimos, que elevam a qualidade da produção botando-a num patamar acima de muita coisa que passa na televisão atualmente. Isso pode ser percebido já nas frases promocionais dos posters de divulgação, que dão uma boa ideia do que é True Detective: "Toque a escuridão e a escuridão tocará você de volta" ou "O homem é o mais cruel animal".

 HBO 

Pode até ser clichê elogiar a HBO, mas ao mesmo tempo nunca é demais fazê-lo. Os aspectos técnicos da produção de True Detective são impecáveis. Seja a reconstituição de época com cenários e figurinos, ou mesmo o ambiente em que a história se passa, um estado norte-americano bem característico. Cada locação da série foi certamente escolhida a dedo, fazendo nosso queixo cair a cada paisagem mostrada, mérito também do trabalho de fotografia que é excelente. Além disso, os aspectos sonoros também devem ser destacados. A edição de som é muito bem feita, o que ajuda no clima de suspense pretendido, assim como a trilha sonora, que consegue adicionar tensão sempre que necessário. O estúdio, mais uma vez, está de parabéns.

Detetive Marty Hart

 TEORIAS 

O 4º bom motivo para você assistir True Detective é a repercussão que a série causa a quem assiste. A atmosfera do drama lembra muito filmes como Seven - Os Sete Crimes Capitais (Se7en, 1995) e O Silêncio dos Inocentes (The Silence of The Lambs, 1991) e, assim como essas obras, instiga o espectador a criar teorias e tentar identificar suspeitos de quem pode ser o assassino da trama. Como todo bom filme de detetive (aqui, no caso, uma série), a trama precisa levar quem assiste a querer desvendar o mistério junto do investigador, e nisso o seriado não decepciona. E falo com conhecimento de causa, pois já estou teorizando internet a fora.

 ABERTURA 

Acho que é a primeira vez que vou usar uma abertura como justificativa para indicar uma série de TV, mas acredito ser justificável. Os créditos iniciais de True Detective são uma obra de arte a parte. O vídeo mescla imagens dos protagonistas a cenários e objetos significativos para a trama, tudo isso ao som de uma ótima música tema, "Far From Any Road", interpretada pelo grupo The Handsome Family. Assistam e entenderão o que eu quis dizer. Depois, dê uma chance a série. Se você gosta da temática e se interessou pelos aspectos citados, dificilmente vai se decepcionar.



"Man is the cruelest animal."

Comentários

  1. Oba,
    Mais uma série para acompanhar, vou colocar na minha lista, o tema me interessou e o elenco também, eu vi o comercial na TV e fiquei interessada, mas meu roteiro de séries está tão lotado, que preciso me organizar para assistir mais uma (estou terminando de assistir Dexter) e já tenho planos de terminar de assistir Homeland, depois Sons of Anarchy e American Horror Stories.
    A vida de seriador não é nada fácil, sem falar nos filmes que sempre intercalamos com as séries.
    abs,
    Fabiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vida de seriador não é fácil mesmo. Sei exatamente como é. haha
      Mas dê uma chance a True Detective, é excelente! Mesmo.

      Excluir

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...