The Walking Dead - S04E11 - Claimed

Texto de Gabriel Martins

The Walkind Dead consegue em Claimed se redimir da grande decepção que foi o episódio anterior, Inmates.

Concentrado novamente em apenas parte dos sobreviventes, desta vez vemos Rick, Carl e Michonne se virando como donos de casa e, eventualmente, tendo que sair em busca de suprimentos, enquanto Glenn e Tara tentam voltar pela estrada para encontrar Maggie.

A historia contada sobre Rick e companhia é de longe a mais interessante dentre todas as outras e, aqui, investe em um elemento até então pouco explorado pela série, o suspense. 

Suspense esse que se dá de forma bem interessante pelos realizadores do episódio, em um primeiro momento usando apenas elementos sonoros. Reparem, por exemplo, que o rosto da ameaça só é mostrado mais adiante, criando assim uma atmosfera quase sobre-humana para aqueles invasores, assim como o estrondoso tic-tac do relógio de pulso. Toda esta sequencia foi absurdamente bem feita e agoniante, já valendo o episódio. Pena acabar de forma tão forçada, mas nada que estrague o resto.

Já a Michonne e Carl coube apenas a redenção de ambos perante seus traumas, com a espadachim se mostrando uma verdadeira psicóloga. Enquanto isso, Carl tenta achar alguma coisa que valha a pena saber sobre ela, mas até agora nada. O destaque fica para a cena do quarto feminino, onde ambos encontram os corpos. A montagem dela foi, de novo, muito bem feita, contando uma pequena história daqueles personagens por meio de sua edição de imagem e mostrando aos poucos o quão aterrorizador era aquele momento.

Quanto a Glenn e Tara pouco se pode falar, já que saímos sabendo tanto quanto entramos naquela história, ou seja, apenas que aqueles novos personagens não são flor que se cheire. E é uma pena que toda a sutileza usada no episódio tenha sido jogada fora nesse arco, afinal o que foi aquele diálogo “nunca vi ninguém rindo enquanto matavam eles”? Sofrível e desnecessária, já que qualquer um com dois ou mais neurônios conseguiu ver isso e já começar a levar em consideração que talvez não seja uma boa estar por perto deles. Mas me parece que os realizadores estão com pressa para ocupar o lugar vago pelo governador e jogar goela a baixo um novo tirano.

A trama que está se criando em torno do motivo pelo qual existem zumbis e a cura (DE NOVO!) é preocupante já que TWD sempre lidou bem com seu enredo sem nunca precisar entrar neste mérito, aliás, apenas uma vez, e bom...foi uma bomba (não resisti à piada).

Comentários

  1. Realmente esse episódio foi muito bom, e sem dúvida a parte que mais me chamou a atenção foi o suspense envolvendo o Rick, a cena foi muito bem detalhada e trabalhada principalmente pelo próprio ator. Confesso que sofri vendo-o o tremer e transpirar em tensão.
    Em termos de tensão a cena me lembrou os primeiros episódios, quando o Rick acorda no hospital com aquela situação e também a cena do tanque, memorável e inesquecível.
    Mas só ontem me dei conta que a temporada já está acabando, como assim?
    Essa divisão nos episódios faz a série parecer ainda mais curta, depois é uma tristeza ficar até o fim de outubro aguardando a retomada da série é muito tempo.
    Mas por enquanto, estou bem satisfeita com a temporada, desde a chegada do Governador, acho que a série deu uma guinada muito boa.
    Abs,
    Fabiana

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei do episódio, melhor que o anterior. E a crítica foi boa, principalmente com relação ao suspense com o Rick, só discordo (desculpe Gabriel, vc sabe que eu sou seu "hater" pessoal) com relação ao Abraham, Rosita e Eugene. Sério, só eu achei que a cena deles foi muito mais de comédia do que qualquer outra coisa? Eu os achei muito caricatos para serem vilões. E está muito cedo para inserir um vilão do nível do Governador. Creio que o arco neste final de temporada será com os caras que o Rick encontrou. Esses sim tem potencial para vilão (claro que nem chega a micose do mindinho do pé esquerdo do Governador), afinal não sabemos nada sobre eles.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...