Game of Thrones 4x03 | Breaker of Chains


[spoilers]
Após os bombásticos acontecimentos da semana passada, Game of Thrones retorna com um episódio de transição que mostra-se necessário para construir os acontecimentos que veremos no restante dessa temporada. Sua produção, no entanto, nunca deixa de impressionar. Cada capítulo é um deleite.

Sansa
E quando eu pensava que a vida de Sansa poderia melhorar fugindo de Porto Real, a donzela vai parar justamente nas mãos de Mindinho, que aparentemente teve grande influência no assassinato de Joffrey. Fica difícil fazermos qualquer conjuntura a respeito de seu destino, mas certamente coisa boa não será, vindo de Lorde Baelish. Mesmo assim, acho difícil que ele queira o mal da jovem Stark, devido a sua eterna paixão pela mãe da moça.

Jaime
Se na temporada passada minha simpatia por Jaime foi exacerbada, nesse ano a trama faz questão de nos lembrar o quanto o mesmo pode ser odioso. Não bastasse o fato de sua relação com Cersei ser doentia por si só, o Regicida resolve força-la a transar ao lado do caixão de Joffrey, seu filho, mostrando que não ficou muito abalado com sua morte, ao contrário da irmã. Ainda na casa Lannister, foi interessante perceber como Tywin já articula o futuro da família, preparando o próximo Rei e mexendo suas peças para a ruína de Tyrion e a guerra que se aproxima.


Arya
A trama de Arya pouco caminhou nesse episódio, limitando-se a mais um aprofundamento em sua relação com o Cão de Caça, que segue sendo o ogro de sempre. O personagem ganhou nossa simpatia pela ajuda que dá a jovem Stark, mas, assim como Jaime, sempre nos recorda de sua natureza sombria. Ainda que possamos entender sua linha de raciocínio deturpada ao prejudicar um pai e uma filha indefesos que antes haviam os ajudado.

Davos
Pouquíssimo ocorreu novamente em Pedra do Dragão, além de uma discussão entre Davos e Stannis, onde algumas verdades foram ditas. Essa é uma trama que caminha a passos de tartaruga e que espero que melhore no futuro. Ao menos fiquei curioso para a aparente epifania que o personagem teve em sua visita a princesa Baratheon.

Sam
Talvez o momento mais irregular desse 4x03 tenha sido o de Sam. Imagino que a transferência da amada e seu bebê para um local aparentemente pior, não tenha sido boa ideia. Quanto a Snow, tenho gostado bastante dessa nova fase do personagem, mostrando-se auto-confiante e com voz ativa nos debates da Patrulha da Noite. E os selvagens se aproximam.


Tyrion
A visita de Podrick Payne ao prisioneiro Tyrion certamente foi uma das melhores cenas do episódio. Pod demonstrou toda sua lealdade ao Meio-Homem, que por sua vez também soube reconhecer sua nobreza. As coisas andam feias para o Lannister, que vê em Jaime a única esperança de tentar provar sua inocência. Não será fácil com Cersei pedindo sua cabeça e Tywin articulando para que as testemunhas o prejudiquem.

Daenerys
A Filha da Tormenta nunca para, e já chegou em seu próximo destino, com o costumeiro intuito de libertar escravos. Dessa vez não tivemos sinal dos dragões, mas é sempre bom vermos a loirinha falando em valiriano, algo que a deixa muito mais ameaçadora perante os inimigos. Daario Naharis, por sua vez, demonstrou mais uma vez seu valor, derrubando de forma épica um cavaleiro local. A cena foi muito bem construída e dirigida, mostrando que a produção da HBO não está para brincadeira. Pena que o final tenha ficado um pouco deslocado, mas esse é apenas um detalhe que empalidece perante a tanta qualidade.

Curta o Cinéfilo em Série no Facebook ou siga-nos no Twitter!

Comentários

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...