TRAILER: Vingadores - Era de Ultron


Essa foi uma semana muito feliz para os nerds (e aqui me incluo). Não bastasse o recente anuncio dos filmes da DC Comics até 2020 e dos filmes da Marvel Studios até 2019, foi lançado também o bombástico trailer de Vingadores: Era de Ultron (Avengers: Age of Ultron). É verdade que o vídeo acabou vazando nas interwebs para só depois ser lançado em qualidade HD, mas nem por isso a empolgação foi menor. A internet basicamente parou por algum tempo, pois só se falava nisso.

O trailer que selecionei, que você pode assistir abaixo legendado, é a versão que passou na San Diego Comic-Con desse ano, com a famosa cena em que os heróis tentam levantar o martelo de Thor durante uma festinha descontraída. No mais, podem esperar muita destruição, porque o bicho vai pegar.

Vingadores: Era de Ultron estréia dia 30 de abril de 2015 no Brasil.


Comentários

  1. olá!!! Já ouviu isso?
    https://www.youtube.com/watch?v=5Fi3TK5s0pY&list=UUk40qSGYnVdFFBNXRjrvdpQ
    abraços!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tinha visto. Muito legal! :) Obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o formato. Primeira vez que ouço um The Cast. O que mais gostei foi que a discussão manteve o foco no filme que discutiam, e vocês mantiveram a cronologia dos filmes. Enfim, houve uma pauta, parabéns!

    Tenho alguns comentários sobre os filmes que assisti do Fincher. Ainda não conferi The Curious Case of Benjamin Button, The Panic Room e Gone Girl.

    Zodiac é o "the masterpiece" da carreira do Fincher. Não o vejo como arrastado. O ritmo é lento, mas a precisão de cada frame é fantástica. A trilha sonora é muito bem acertada, fiquei surpresa ao ouvir na trilha de comentários do blu-ray que houve dúvida se usariam ou não Hurdy Gurdy Man durante o primeiro assassinato mostrado no filme. Fincher aborda muito bem a questão da obsessão. Assistimos a "queda" do personagem do Jake Gyllenhall enquanto busca resolver um caso não por um senso de justiça, mas numa questão pessoal de resolver um quebra-cabeças. E o filme é estruturado de um modo que somos atiçados a resolver o mesmo quebra-cabeças, daí que acho genial o final do filme. Ainda sobre a obsessão, é interessante notar que isso fica explícito até nas insistentes legendas de locais e datas dos acontecimentos mostrados.

    Anos atrás li um artigo que gostei muito sobre The Social Network. Vou deixar o link: http://www.fastcodesign.com/1663318/why-david-fincher-is-the-best-design-thinker-in-hollywood . Esse artigo até aborda uma cena que me deixou muito curioso: a competição que os gêmeos participam na Europa. Foi quando entendi o porquê da cena se iniciar com uma filmagem do local da competição de modo que tudo pareça de brinquedo, pequeno.

    A trilha de comentários do Fincher no blu-ray de The Girl with the Dragon Tattoo é fantástica, recomendadíssima. Ainda não ouvi por completo a do The Social Network, mas posso afirmar que é muito interessante.

    Houve entrevista recente onde o Fincher acabou comentando novamente sobre Alien 3. E interessante notar como ele comparou o trabalho dele em Alien 3 e Se7en: no primeiro ele pedia permissão para tudo, no segundo filme ele já optou por simplesmente fazer o que queria e depois pedir desculpas a quem não gostasse.

    Espero, como vocês, que não exista um Fight Club 2. Fui aluno do Pablo, e só percebi as "aparições" iniciais do Brad Pitt após fazer o curso. Fight Club é um filme que só fui assistir em 2011, já em blu-ray. Ao colocar o blu-ray aparece menu de um filme com nome Never Been Kissed, alguma coisa assim. O trouxão aqui na hora já se irritou imaginando que o disco estava com conteúdo errado, logo entra o menu correto e depois, ao ver o filme, entendo o motivo desse menu trocado no início :-)

    Parabéns pelo conteúdo do site, pelo The Cast. Conheci o site durante os ótimos textos sobre Breaking Bad.

    ResponderExcluir
  4. Olá Rafael!


    Muito obrigado pelo comentário, ficamos felizes que gostou do The Cast e do conteúdo do blog. Achei muito bacana as observações que você fez e, realmente, acompanhar o conteúdo extra dos dvd's/blurays do Fincher é algo que todo cinéfilo deveria fazer.


    Sobre Clube da Luta, também fui pego nessa pegadinha do bluray. É genial!


    No mais, espero que continue acompanhando o The Cast e recomendando aos amigos.
    A propósito, já lançamos uma nova edição, dessa vez falando sobre os filmes de Christopher Nolan. Depois escute e nos diga o que achou, ok?


    Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...