The Walking Dead 5x11 | The Distance


[spoilers]

Preciso confessar algo à vocês. A cada semana que passa tem sido mais difícil buscar empolgação para escrever a review de The Walking Dead. Começo a achar que a série atingiu seu limite criativo, ao menos para meu gosto pessoal como crítico e espectador. Isso tem me levado a repensar a publicação de reviews para uma próxima temporada, e gostaria que vocês, leitores, dessem suas opiniões a respeito. Vocês gostariam de continuar lendo as reviews da série aqui no Cinéfilo em Série?

Dito isso, vamos para o episódio em si.

Nada de novo aconteceu nesse 5x11, com os personagens novamente tendo de analisar se confiam ou não no estranho sujeito que apareceu. E não há como recriminar a desconfiança de Rick, por exemplo, visto que as atitudes do bom samaritano são, no mínimo, suspeitas. Ninguém é tão bonzinho à troco de nada. Se já é difícil acreditarmos nesse tipo de postura em nosso dia a dia, na vida real, imaginem no cenário apocalíptico em que os personagens da série vivem.


O fato é que nossos heróis tem um novo local seguro a idealizar, uma possível fortaleza intransponível, que funcionaria como uma espécie de Woodbury que deu certo. Isso tudo, claro, se o tal de Aaron não estiver mentindo (o que é mais provável, convenhamos).

Foi uma surpresa, no entanto, ver que o novo personagem é homossexual, trazendo uma temática que, se for bem aproveitada, pode render uma subtrama dramática interessante e atual para a narrativa. 

Não sei dizer se essa "nova" fase faz alguma referência à algum arco dos quadrinhos. Caso positivo, espero que tenhamos bons momentos pela frente. Caso negativo, aguardo repetição de histórias novamente.

E é só o que eu tenho a dizer no momento...


Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...