TRAILER | Creed


Creed é uma espécie de spin off da saga Rocky Balboa, de Sylvester Stallone. Uma saga composta por 6 filmes que marcaram a minha infância e adolescência, e que tinha encontrado um desfecho digno, anos atrás. Por esse motivo, sempre vi com olhos de desconfiança o anúncio dessa nova obra, justamente por trazer novamente o personagem que já não tinha mais histórias para contar. No entanto, ao assistir ao trailer que linko abaixo, minha opinião mudou.

Na trama, Adonis Creed (Michael B. Jordan), filho do ex-campeão dos pesos pesados Apollo Creed, é um lutador de boxe que parece renegar o passado glorioso de seu pai, tentando traçar seu próprio caminho. Para buscar a inspiração necessária para vencer, Adonis acaba procurando uma figura conhecida por todos nós, Rocky (Stallone), que agora retora não mais como lutador, mas como treinador.

Ficou evidente no vídeo que o filme está sendo feito com muito carinho, trazendo diversas referências da saga Balboa, e a respeitando como deveria ser. E confesso que só de ver as ruas frias da Filadélfia e Michael B. Jordan (um ator talentoso) vestindo o clássico calção de Apollo, minha nostalgia falou mais alto e já estou aguardando ansioso para assistir oo filme.

Creed estréia em novembro nos EUA, e ainda não tem data de estreia no Brasil.

Comentários

  1. Excelente podcast, até pelo tema, que eu particularmente sou muito fã kkkk, mas eu só queria fazer uma observação: os Greyjoys realmente ficaram de fora pra essa temporada, porém parece que o plot deles não foi jogado de fora, parece que ele será aproveitado na sexta temporada, já que aparentemente estão procurando um ator pro papel do Euron Greyjoy (um tio do Theon com uma trama importante nos livros). É quase certo então que a sexta tenha o núcleo dos Greyjoys de volta, o que eu acharia muito legal.



    Sobre a série não ter mais base, não acho que isso seja um grande problema, os produtores já estão caminhando a história para um final e ainda tem algumas coisas do quarto e quinto que eles podem trabalhar (o arco dos Greyjoys por exemplo), além disso o George R. R. Martin é consultor deles apesar de estar ocupado escrevendo os livros. Imagino que o final já esteja todo planejado, e isso de não ter os livros, inclusive, acho que só vai beneficiar a série. Tem MUITA coisa acontecer pra acontecer ainda, e acho que esses cliffhangers todos que acontecem no final da série, só aumentam a ansiedade de todo mundo pra sexta. Além disso acho que eles vão utilizar mais esse recurso dos flashbacks, e imagino que isso vai preencher um bom tempo da série.


    Sobre essa temporada, eu gostei até que bastante dela, gostei menos do que tinha gostado da primeira, terceira e quarta, porém ela pra mim está quase no mesmo nível que a segunda. Teve bons momentos, especialmente os últimos episódios, lógico que nem tudo foi perfeito (o núcleo de Dorne realmente é impossível de se defender, a única coisa que gostei foi a dupla Jaime e Bronn, e lógico as possibilidades de guerra pra sexta temporada que pra mim foram o grande motivo da Myrcella ter morrido, imagino que na próxima temporada a Cersei vai destruir Dorne kkkkkk).


    A trama da Cersei (e o personagem do Jonathan Pryce inclusive foi muito foda, excelente ator), ela e o Jon Snow realmente foram os grandes destaques da temporada. Gostei muito do arco central do Tyrion indo encontrar a Daenerys, até porque no quinto livro a parte dele é uma das piores porque é muito chata. Inclusive, eu não sou muito fã do quarto (especialmente) e do quinto livros, acho que até por isso a temporada foi abaixo da quarta, acho que nesse sentido eles foram bem fieis kkkkkkk. Inclusive eu gostei MAIS de algumas cosias que eles fizeram na série do que nos últimos dois livros, a decisão de cortar algumas coisas do livro (e uns personagens chatos) e juntar logo o Tyrion e a Daenerys foi uma das melhores pra mim. As cenas do Tyrion e a Daenerys foram muito legais.


    No final, acho que o saldo foi positivo até pelos episódios finais, foi uma temporada boa, e acho que a sexta vai surpreender muita gente, porque potencial pra isso tem.

    ResponderExcluir
  2. Ah, esqueci uma coisa: eu discordo um pouco de vocês sobre o Stannis, eu acho que pelo o Stannis que temos NA SÉRIE, o que ele fez com a filha fez sentindo, a cena foi brutalmente triste como vocês citaram. No livro, na verdade o Stannis não é muito bem trabalhado, os OUTROS personagens que tem o seu ponto de vista que vem ele como um personagem bem interessante, forte, mas a gente não vê por dentro da mente nele como é na série. Na série ele sempre foi um cara meio mau caráter, ele inclusive matou o próprio irmão, então apesar da série deixar claro que ele amava a filha, eu meio que entendi o personagem fazer aquilo apesar dele continuar sendo um FDP. Eu acho que faz sentindo com o personagem do Stannis apresentado na série.Além da cena ser muito bem feita e tal.


    PS: A Shireen aparentemente vai morrer no próximo livro, PORÉM não se sabe como. Mais é só um detalhe. Não acho que o Stannis deva matar ela nos livros, porém ela morre.


    Sobre a cena da cena da Sansa, acho que faz sentido, concordo com que ela foi focada no Theon, e apesar da vitimização da Sansa (quem nem eu acho tão grande assim, mas ela realmente existe), acho que os bons atores compensam isso, especialmente o Alfie Allen (o Theon) e a Sophie Turner (a Sansa), que são ótimos.


    E só mais uma coisa, TENHO CERTEZA que o Jon Snow volta. O episódio dá umas dicas muito claras que a Melisandre vai ressuscitar ela.

    ResponderExcluir
  3. Olá Diego! Obrigado por compartilhar suas opiniões conosco, isso sempre engrandece o bate-papo do nosso podcast.


    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. ¡Ay! Que bom serie, mais as sentenças teve certamente a primeira temporada imortalizado história. Na nova fase, deve ser colocado à direita.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...