5 Motivos Para Você Assistir | Arquivo X


Se você curte ficção científica ou histórias sobrenaturais, já deve ter ouvido falar, ou até mesmo assistido, Arquivo X (The X-Files). Lançada em 1993, a produção foi uma das primeiras séries de investigação da televisão norte-americana, servindo como fonte de inspiração para tantos outros programas posteriores de gêneros similares como, por exemplo, CSI e Law & Order

Ao longo de dez temporadas, pensadas pelo criador e diretor Chris Carter, acompanhamos o trabalho de Fox Mulder (David Duchovny, Californication) e Dana Scully (Gillian Anderson, American Gods), agentes do FBI que atuam nos arquivos X, casos não solucionados de natureza misteriosa. Enquanto Mulder se mostra extremamente aberto a todo tipo de crença e afirma, até mesmo, que sua irmã mais nova foi abduzida por alienígenas, Scully é o seu oposto. Designada pelo alto escalão do FBI para invalidar as teorias de Mulder, a médica é a voz da razão e, muitas vezes, representa a imagem cética do próprio público frente às loucuras de Mulder.

Pensando em todos os que ficaram com uma pontinha de curiosidade, listei os principais motivos para você dar uma chance e fazer uma maratona ou, pelo menos, assistir os episódios essenciais desse clássico do mundo das séries.


1. Nave Mãe

Arquivo X foi pioneira em vários aspectos de produção e de roteiro de séries durante os anos 90. Inaugurou a era das “séries-segredo”, pois sua trama central era tecida ao longo das temporadas de forma sutil, o que demandava por parte do público muita atenção aos detalhes. A resolução do mistério, quase nunca se dava ao fim do episódio, era preciso montar o quebra cabeça aos poucos.

Fenômeno de popularidade, a produção se destacou e muito em uma época em que ainda não havia internet e logo, quando ela surgiu, foi um dos primeiros programas a formar um fandom com direito a grupos de discussões, convenções e linha de produtos próprios.



2. Fight Like Dana Scully


Definitivamente, a série não seria a mesma sem a presença de Dana Scully. Fugindo de estereótipos tão comuns na época (e até dos dias de hoje), Scully estava muito longe de ser uma personagem infantilizada ou sexualizada, ao contrário, ela influenciou toda uma geração de mulheres que nela se sentiam representadas e inspiradas.

Scully era a representação de uma mulher forte, independente e bem decidida que apesar de passar por inúmeros problemas, mostrava que era sim possível uma mulher seguir carreira nas áreas de ciência, medicina ou da polícia. Longe de ser uma “isca bonita” para atrair o público masculino, a cada episódio ela se mostrava uma personagem complexa e bem desenvolvida que não estava ali para ser salva, mas sim salvar.


3. The Truth is Out There

A mitologia de Arquivo X é de longe uma das mais interessantes e diversificadas no universo das séries de TV. Seus roteiros eram baseados em conspirações governamentais, lendas e mitos, por isso é possível ver de tudo um pouco, desde alienígenas até clones e demônios. 

De todos os monstros repugnantes, a criatura de Humbug (2x20) é uma das mais nojentas e bizarras de toda a série. Uma mistura de homem com verme, que surgiu do lixo tóxico de Chernobyl e, ao morder seres humanos, os transforma em hospedeiros para outros vermes.



4. Um episódio mais louco do que o outro

Arquivo X possui vários episódios livres, ou seja, histórias paralelas a trama central, que não precisam que capítulos anteriores sejam vistos para que elas sejam compreendidas. São nesses episódios que a série flerta com diferentes formatos de produção, o que geralmente resulta em casos inesquecíveis.

Em X-Cops (7x12), por exemplo, todo o episódio é gravado através de uma câmera em primeira pessoa, como se fosse um mini documentário seguindo os dois agentes do FBI e a polícia em uma de suas patrulhas. Já Post-Modern Prometheus (5x05) é todo filmado em preto e branco e conta a história de um monstro que é fã de Cher.


5. Novas temporadas

Em 2015, depois de 14 anos do fim da série, a Fox anunciou uma temporada especial com seis episódios que trouxeram de volta o elenco original e ressuscitaram os fãs de Arquivo X. Para a alegria de todos, outra temporada já está garantida! Se você pensa em começar a assistir agora, saiba que mais dez episódios serão lançados entre 2017 e 2018, ainda sem data definida, e que poderão saciar a sua sede pela verdade.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...