CRÍTICA | Perfeita Pra Você

Direção: Stephanie Laing
Roteiro: Bess Wohl
Elenco: Gugu Mbatha-Raw, Michiel Huisman, Steve Coogan, Kate McKinnon, Christopher Walken, entre outros
Origem: EUA
Ano: 2018


Perfeita Pra Você (Irreplaceable You) é o que podemos chamar de "dramédia", aquele filme com carinha de comédia romântica, mas com um drama central que conduz a narrativa. O longa gira em torno de Abbie (Gugu Mbatha-Raw) e Sam (Michiel Huisman), namorados que se conheceram ainda crianças e permanecem juntos até hoje. Noivos, eles suspeitam que Abbie está grávida, e não poderiam estar mais felizes por isso, mas seus mundos desabam quando descobrem que, na verdade, a mulher está com câncer.

Utilizando os clichês a seu favor, a obra consegue arrancar lágrimas logo no início, quando somos apresentados a história de amor deles, desde o início e com o passar dos anos. O clichê tem esse nome justamente por apresentar ideias batidas, mas que funcionam muito bem. Não nego que tenha funcionado para o filme em si, mas particularmente me decepcionou, ainda que tenha me emocionado.

Quando você apresenta ao público um drama intenso de uma pessoa que descobre que tem câncer, as chances de sua obra soar superficial, sem aprofundamento dos demais elementos, são imensas, e é exatamente o que acontece aqui. Os personagens são muito pouco aproveitados e não temos quase nenhuma informação sobre eles, o que dificulta nossa identificação para com aquelas pessoas. Mesmo buscando a empatia que esse tipo de situação necessita, no fim, você acaba até ficando com raiva das atitudes de alguns deles.

Foto: Linda Kallerus / Netflix

Apesar de apresentar uma bonita lição de moral, mostrando que precisamos aproveitar nosso presente, pois não sabemos quanto tempo de vida temos, ao final, fiquei com uma estranha sensação de que nada daquilo foi real. Foi como assistir uma peça de teatro e o ator em cena simplesmente ler um texto na sua frente, sem nos mostrar sua verdade. O que não deixa de ser irônico, uma vez que as atuações aqui são boas, evidenciando que os atores fizeram o melhor possível com o roteiro que tinham. 

Vale ressaltar que Perfeita Pra Você é um longa de estreantes em seus postos. Trata-se do primeiro longa metragem dirigido por Stephanie Laing (Vice) e o primeiro roteiro de Bess Wohl (CSI: New York), o que pode nos fazer relevar a falta de profundidade até certo ponto. Escrever e contar histórias de forma real e complexa é um trabalho muito difícil, qualquer um que já tentou fazer isso sabe. Fico feliz que a Netflix tenha tido a coragem e o interesse em dar suporte a esse projeto. É muito bom ver mulheres entrando no mundo do cinema, e tenho a certeza que o filme, no fim, agradará muita gente. 

Deixo então aqui a reflexão da importância de uma obra de estreantes. Nossos primeiros trabalhos dificilmente vão ser perfeitos, na verdade nunca serão. E apesar de ter vários pontos que poderiam agregar mais a narrativa, no fim, o filme entrega o que promete.

Regular

Foto: Linda Kallerus / Netflix

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...