1988 - O Cinema no ano em que nasci - Parte 1

Acredito que eu não seja o único que já parou pra pensar: o que ocorria no mundo no ano em que nasci? Quais eram os fatos históricos, as músicas do momento, a moda apreciada, a cultura. Esses pensamentos facilmente me levam ao cinema, arte que se modifica e muda parâmetros anualmente, estando em constante evolução (ou retrocesso, dependendo do filme). Quais foram as obras lançadas naquele ano de 1988? Será que tinha coisa boa? 

Quem tiver curiosidade, faça esse exercício. Dá pra encontrar bastante coisa bacana, ou não.


Uma Cilada para Roger Rabbit (Who Framed Roger Rabbit)

Lembro que quando assisti a esse filme pela primeira vez, quando garoto, não podia acreditar como seres humanos contracenavam com desenhos animados. E também jurava que Roger Rabbit era irmão do Pernalonga.

Curiosidade: o diretor de Os 12 Macacos, Terry Gilliam, esteve interessado em dirigir a obra, mas acabou desistindo por considerá-la de muito difícil realização.


Brinquedo Assassino (Child's Play)

A prova de que mesmo idéias aparentemente absurdas (um assassino transfere sua alma para dentro de um boneco!) podem se tornar bons filmes se bem realizados. Brinquedo Assassino sempre foi, e provavelmente ainda é, um de meus filmes de terror favoritos. Fruto das incansáveis reprises da TV aberta. Aliás, assistir a esse filme e suas sequências sempre foi motivo de diversão em família, por mais absurdo que isso possa parecer. =D


Duro de Matar (Die Hard)

Mesmo sendo um fã assumido da Sessão da Tarde da década de 90, passei toda a minha infância sem assistir Duro de Matar. Não sei por qual motivo. O que, sem dúvida, é uma pena. Ainda que todos os filmes da série tenham seu valor, esse 1º certamente é o melhor. Bruce Willis canastrão na medida certa como John McClane. 

"Yippe ki-yay, motherfucker!"


Dirty Harry na Lista Negra (The Dead Pool)

"Dirty" Harry Callahan é outro personagem memorável que só fui conhecer depois de adulto. Esse é o 5º filme da série "Dirty Harry" lançado, e infelizmente um dos mais fracos. Assistir a Clint Eastwood num de seus papéis mais icônicos, no entanto, é imperdível.

Curiosidade: Dirty Harry na Lista Negra é um dos primeiros filmes da carreira do ator Jim Carrey, que faz uma participação ainda bem novo.

Comentários

  1. Hahaha adorava assistir Roger Rabbit, achava muito engraçado já o Brinquedo Assassino só fui assistir com mais idade pois me impressionava!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...