The Walking Dead - S03E05 - Say the Word

R.I.P Carol.... será?

SPOILERS, eles estão chegando!

• Já era esperado que após um episódio de ritmo alucinante como último, teríamos um capítulo mais lento, para desenvolver enredo. Isso não é ruim, é até essencial para a narrativa, mas eu esperava um fuck the police.

Andrea sensualizando
• O S03E05, apesar de ter me agradado, trouxe alguns elementos que andam me incomodando. Andrea por exemplo, o que aconteceu com ela? A personagem vinha em processo de evolução desde a segunda temporada, se tornando um dos elementos mais bacanas da série, e que agora se resume a tentativas de sedução a todos os homens de Woodbury. Depois de Merle e do Governador, dessa vez ela sensualizou com o doutor, munida de seu copinho de suco na nuca..... O motivo de tudo isso? Até agora não sei, mas a quem diga que a personagem esta biscateando.


Michonne NO Friends
• Pra terminar o desabafo, volto a comentar Michonne e sua eterna expressão de brava. Sério? A personagem parece ser legal e tudo mais, mas a escolha dos diretores de dar closes na cara de mau humor da atriz em todos os episódios (em quase todas as cenas!) já está enchendo. De verdade. Fora os ataques de ciúmes por conta da Andrea. Não sei dizer se ela é lésbica, por que não cheguei nesse ponto da história nas HQ's, mas não enxergo outra explicação. A não ser que a personagem seja extremamente imatura, ainda que sua desconfiança com o local seja justificável.


• Desabafo feito, vamos ao que me agradou (e muito) no episódio: o desenvolvimento da trama do Governador. Cada vez mais somos apresentados a um personagem multi-facetado, intrigante, misterioso e possivelmente insano. Se por um lado ele parece ter completo controle da situação, por outro percebemos que seu estado emocional não é dos melhores, e que não podemos confiar plenamente em seus atos. A arena de zumbis que o diga.

• Duas cenas em especial me agradaram bastante. A primeira, logo no início do episódio, em que o Governador penteia o cabelo da filha que mantém "domesticada" como zumbi. Se claramente ao longo da trama o personagem busca uma possível cura para o problema, é de se pensar se a atitude do mesmo, de manter a criança em cativeiro, é louvável ou não (particularmente acho uma questão interessantíssima, corajosa, e que pode render bons frutos à série). A segunda cena é o brinde aos governados, onde podemos observar um padrão de cores já estabelecido a alguns episódios atrás. Os moradores sempre apresentam cores fortes, alegres, que nos remetem a felicidade (momentânea?) que encontraram naquele local. Os copos em riste são o exemplo da vez. Por outro lado, o Governador, apresenta um contraste explicito em tela, vestido de cores escuras, que remetem as sombras, a algo ruim. É nítida a diferença entre eles.



• Infelizmente ainda não foi nesse episódio que pudemos observar as consequências da morte de Lori. Carl pouco apareceu e Rick, quando em cena, quase não dialogou. Certamente bons momentos estão por vir. No restante do grupo, porém, é muito bacana notarmos a evolução de Daryl na trama. Se antes ele era um cara que se importava apenas com si mesmo, agora tem suas atitudes absolutamente subvertidas (fato que me remete diretamente ao Sawyer de LOST, os personagens são muito parecidos). Com Rick em crise, Daryl assumiu a postura de líder automaticamente, chegando a ser engraçado o fato do bebê parar de chorar apenas quando o mesmo o toma em seus braços.

• Pra encerrar, um quadro que me chamou bastante atenção, na cena em que Daryl e Maggie entram na creche em busca de mantimentos para o recém nascido. Se os recortes  de papel feitos por crianças, na parede, costumam trazer boas lembranças, no universo da série é impossível não imaginarmos uma orda de zumbis com as mãos em nossa direção, tentando nos alcançar. Especialmente pela forma em que as mãos estão coladas na parede, de forma desconexa, sem padrão. Coisas de uma mente viciada em The Walking Dead. Mas dúvido que essa não tenha sido a intenção da direção de arte do episódio. Curioso, e muito legal!

Impossível não lembrar do triste fim de Sofia, ao vermos o nome da garotinha em uma das mãos na parede

Até semana que vem!

Comentários

  1. Gostei do review, analogia do Sawyer com o Daryl perfeita nem tinha pensado nisso antes... e quanto a cena das mãos na parede "lava uma mão, lava outra lava uma.... MÃO" haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No clipe dessa música tinha a cena do bolo de chocolate mais sensacional q já vi na tv. kkk

      Excluir
  2. Excelentes comentários, a parte das mãos tb fiquei com essa mesma impressão e acho que foi a que eles queriam passar... agora por tópicos pq é mta coisa rs

    *Sobre a Andrea tenho medo que estraguem o personagem da mesma forma que zuaram o Dale, realmente ela ta muito sem noção da realidade, mas analisando ultimamente, imagine: vc perdeu seus amigos e está meses com uma pessoa que mal conhece e pouco conversa, vivendo de canto em canto, aparece um lugar seguro com pessoas que aparentam serem boas e não te dão um motivo pra desconfiar. Ela está certa em querer ficar e, bem, 8 meses sem "fazer" nada a (não ser que ela tenha um caso com a Michonne) é entendível ela se impressionar com o líder que te da moral e além de tudo tem um bom papo... vale lembrar que ela foi quem tomou a iniciativa pegou o Shane só pra transar mesmo, é isso, humanos e suas necessidades, as atitudes dela são compreensíveis ao meu ver, mesmo sendo bobas e desejando ela ir embora logo...

    *Sobre o Daryl, não sei não, está cada vez aparecendo muito e ganhando espaço demais, isso não é bom em twd... não ficaria surpreso se ele só durar essa temporada com aquelas mortes em que salva todo mundo e você chora no final...

    Acho que TWD é foda pq as pessoas tomam as decisões como se realmente estivesse acontecendo aquilo, são atitudes que nós tomariamos mas não admitimos por ser uma série, isso em LOST era o que me agradava e TWD toma o mesmo rumo... a temporada está SENSACIOANL, tirando alguns pontos em que estão juntando momentos futuros da HQ pra essa nova realidade.. mas só vai dar pra saber se ficou bom no resultado final...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, se matarem o Daryl eu me revolto com a série, ele é o melhor personagem, principalmente pelo fato de não existir nas HQs e não fazermos ideia do que pode acontecer. O dia que ele encontrar o Merle vai ser irado.

      Também acho q a temporada está muito boa, bem melhor que a segunda, pelo menos.

      E o telefone? Não li essa parte nas HQs, mas tem gente surtando com essa parada. É fera?

      Excluir
  3. então mas é por isso mesmo que acho que ele vai morrer, por estar se tornando o melhor e no mundo de twd ngm pode ser melhor que o rick rs na hq é assim vamos ver, sobre o telefone verei seu post do novo episodio e "conto" lá...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...