The Walking Dead - S03E10 - Home

Ahh Governador, seu FDP!

Spoilers! I don't see that coming!

E eis que The Walking Dead me dá motivos para chamá-la de #sualinda novamente. Seria pedir muito um episódio como esse S03E10 toda semana? Certamente seria. Afinal, quem acompanha séries de TV sabe dizer que é impossível manter o alto nível durante todos os capítulos da temporada, salvo raras exceções. E assim caminho nessa minha relação de amor e ódio com TWD. Muito mais amor do que ódio, devo confessar.

Não sou fã da forma que a série explora o drama dos personagens, por vezes acho bastante superficial e caricato, mas devo dizer que a forma como os temas foram abordados em Home me agradaram bastante. A começar as ilusões sofridas por Rick, que aqui muito me lembraram um episódio da 1ª temporada de LOST, "White Rabbit", em que Jack corria atrás do "fantasma" de seu pai até, por fim, entrar no eixo, se reencontrar. Me parece que caminho parecido está a trilhar o xerife. E que bela cena a de seu diálogo com Hershell, dois grandes atores, sem dúvida.

Outra trama bem desenvolvida foi a dos irmãos Dixon. Apesar de ambos os personagens serem muito interessantes, nunca havíamos tido a oportunidade de vê-los juntos por muito tempo em tela. E como foi bacana perceber de início como Deryl, apesar de tudo, ainda reverencia o irmão e o "copia" de certa forma, quando o mais velho cospe ao chão, o mais novo segundos depois repete o gesto. Também curioso foi a desconstrução dessa admiração, pouco a pouco, culminando na excelente cena em que Merle vê o irmão apontando a besta em sua fuça.



Na prisão, Michonne pouco apareceu (mas houve tempo para fazer sua cara de má, vez ou outra), assim como o grupo de Tyreese, que não deu as caras uma única vez. Essa decisão soou estranha, pois é praticamente como se os personagens não existissem naquele momento, mas é compreensível, não havia tempo para quebra de ritmo na narrativa. O mesmo pode-se dizer de Woodbury, que rendeu apenas algumas cenas do Governador realizando alguns "mind games by Ben Linus". O episódio ainda nos reservava boas surpresas.

Outro bom dilema foi entre Glenn e Maggie, com o primeiro assumindo a postura de líder momentâneo, com sede de vingança, e mostrando de vez a que veio. O episódio em que precisou se livrar de um errante enquanto esteve amarrado marcou uma reviravolta para o personagem, e como vem funcionando bem. Já a garota ainda mostra-se bastante abalada com os acontecimentos passados em Woodbury, e não é para menos. O encontro dos dois, aliás, foi retratado com uma bela fotografia e composição de cena, primeiro mostrando a aproximação do coreano, com o sol ao fundo indicando esperança, para depois mostrá-los completamente distantes, dessa vez, com o mesmo tapando o sol. Uma batalha perdida.


E então o episódio ia caminhando para uma calmaria dramática (e não estava nem um pouco ruim, como já expliquei). Uma cena ou outra com Carol e Axel flertando, até que... #partiu #outromundo #axel.

Ahhh Governador, seu FDP! Quem disser que esperava por esse ataque, naquele momento, estará mentindo deslavadamente. Uma injeção de adrenalina de uma hora para a outra, que é exatamente o que TWD sabe fazer de melhor. Tiros para todo o lado. Nosso vilão sendo sádico, soltando risos entre uma rajada de bala e outra, pouco se importando em quase ser acertado em determinado momento. Portões abaixo, walkers pra todo o lado. Michonne fatiando pra todo canto, Hershell ao chão em perigo, Rick dando alguns headshots e ficando a ponto de ser mordido até que os irmãos Dixon chegam para salvar o dia, em mais uma grande surpresa reservada pelo roteiro de episódio, que esteve amarradinho. Pra ser perfeito só faltou a Carol morrer vítima de uma bala perdida, mas isso fica para um próximo momento.

Ficou claro para mim que tudo que aconteceu não passa de um senhor aviso do Governador. Pense comigo, ainda bem que morreu o Axel, imagine se aquela bala acerta o Hershell, ou mesmo o Carl. Aí sim a casa ia cair. De certo, o pior ainda está por vir. 


O Xerife com cara de que acabou a brincadeira!

O que esperar do próximo episódio? Payback! Até semana que vem.


Obs: Utilizem a aba de comentários para opinar sobre o review e o episódio em si. Críticas, sugestões e elogios são sempre bem vindos :D Se gostou, ajude a divulgar o blog, curta, compartilhe. Você também pode curtir a página do CINÉFILO SANTISTA no facebook e receber todos os novos posts na sua linha do tempo. Basta clicar AQUI e o resto você já sabe :D


Comentários

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...