Breaking Bad - S05E15 - Granite State


[spoiler alert]
E após a tempestade, a calmaria. É assim que diz o ditado? Não sei ao certo, mas pouco importa. Sabemos que em Breaking Bad a calmaria também é muito bem vinda e, por vezes, necessária para preparar o que está por vir, como todo grande drama televisivo que se preze de um grande roteiro. E cá entre nós, estamos falando da vencedora do Emmy de Melhor Série Drama, bitches!

Granite State subverteu quase todos os elementos emblemáticos que a série nos acostumou ao longo de 6 anos. Minha sensação foi a de assistir um episódio Piloto, com a diferença de já conhecer e sentir toda a carga emocional que aqueles personagens carregam nos ombros. Achei muito bacana conferir o esquema do misterioso homem que faz as pessoas "desaparecerem". E constatar o trabalho que ele vai ter para sumir com Saul, e todas as milhares de propagandas do advogado espalhadas por Albuquerque, foi hilário.

A discussão entre Walt e Saul no subsolo deixou clara a situação de derrota de Heisenberg, primeiro desesperado, arquitetando um plano que claramente não sairia do papel, ao passo que o advogado tentava lhe trazer para a razão. Depois, tentando encurralar Goodman, como já fizera anteriormente, mas sucumbindo para a doença e a fragilidade que hoje demonstra após o baque que sofreu no episódio passado. Interessante como a série utiliza novamente do trabalho de figurino de forma sábia. Camisas brancas e sem qualquer traço de identidade, retratam justamente a situação que ambos vivem, buscando desaparecer e recomeçar. No 2º quadro abaixo, o momento em que Walt cai de tanto tossir, espremido pelo vão da porta (encurralado). Saul o observa com pena, assim como nós. E acho que essa possa ter sido a despedida de nosso advogado favorito, pois não vejo como ele se encaixaria na conclusão da trama.














O dono do S05E15, ao meu ver, foi Todd. Desde o sorriso orgulhoso ao ver Pinkman em vídeo falando da morte do garoto no deserto, passando pela invasão a casa dos White e culminando no assassinato de Andrea. E se a morte da moça foi devastadora para Jesse (quanto mais ele terá que sofrer, coitado?), o quão aflitivo foi ver Todd e seus capangas, todos mascarados e de preto, rodeando o berço de Holly? Fora a frieza do rapaz ao falar com Skyler, amedrontador ao extremo, sem alterar o tom de voz ou desviar o olhar. Por outro lado, o mesmo sabe ser assustadoramente doce quando fala com Lydia, numa cena que remete diretamente ao hilário encontro da morena com Mike, no início da temporada.













E quanto ao isolamento de Walter (ou devo dizer Sr. Lambert?)?. Foi muito triste vê-lo sozinho em um ambiente absolutamente estranho para os padrões da série. Um campo coberto de neve e árvores, subvertendo toda a identidade visual que acompanhamos durante tanto tempo. Mal parece ser Breaking Bad, e por isso as cenas são tão eficientes. Vê-lo oferecer 10 mil dólares para ter um pouco de companhia foi de partir o coração, assim como a possível última vez que o vemos vestindo o mitológico chapéu de Heisenberg. O que dizer então da cena em que conversa com Flynn ao telefone? Um diálogo fadado ao fracasso já pelo figurino que o garoto veste, coberto de laranja, que era a cor predominante de Hank. Será quase impossível Walter conseguir esse perdão, quando mais um membro da família deseja sua morte. Já pararam pra pensar nisso? Imaginem que sua cunhada, esposa e filho desejam sua morte (e não é da boca pra fora). Devastador.


Por fim, após decidir se entregar deixando a polícia localizá-lo, Walter vê o depoimento de seus antigos sócios da Gray Matter.  E então seu orgulho gigantesco emerge como um último suspiro, como a única coisa que lhe resta. Ali Heinsenberg voltou a vida, senhoras e senhores. E dessa vez ele não tem mais nada a perder.

Até semana que vem! A última de Breaking Bad.

PS: Ouvir a música tema da série tocar completa, algo que só havia acontecido uma única vez durante algum dos créditos finais, me fez cair a ficha. BrBa está acabando. E já estou morrendo de saudade. 



Quer ficar por dentro das atualizações do CINÉFILO SANTISTA? Curta a fanpage do blog no Facebook! É só clicar AQUI e dar o seu like ;)

Comentários

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...