Game of Thrones 4x04 | Oathkeeper


[spoilers]
Mais uma semana de Game of Thrones, mais um episódio fantástico e mais um domingo/segunda em que fãs assinantes da HBO (ou que já leram os livros) não conseguem respeitar aqueles que, por qualquer motivo, não puderam acompanhar o capítulo simultaneamente. É chato começar mais uma review assim, porém até quando essas pessoas continuarão sendo mal educadas, algumas até maldosas, estragando a experiência de tantos espectadores? Seria tão mais bacana se todos pudessem ter a mesma diversão ao assistir GoT, pra que tirar isso dos outros, não é verdade? Mas vamos ao que realmente importa!

Daenerys
Iniciando o episódio do ponto em que o anterior terminou, vemos Khaleesi dominar Meereen e libertar seus escravos. "Eu responderei injustiça com justiça!", disse a Mãe dos Dragões pouco antes de literalmente crucificar 163 Grandes Mestres que haviam feito o mesmo com crianças e mulheres indefesas. Apesar de extremamente significativo e imponente por parte da personagem, não demonstrar misericórdia talvez tenha sido seu primeiro equívoco em sua longa jornada do outro lado do oceano. Não posso deixar de citar também a qualidade da direção de arte e fotografia nas cenas em Meereen, absolutamente fantásticos.

Jaime
Melhorando cada vez mais em seu treinamento com a espada, o Regicida enfim foi visitar Tyrion, o que rendeu um dos melhores momentos desse 4x04. Novamente fica claro seu respeito e confiança para com o irmão, levando-o a sentar na suja cela apenas para ficar na altura do Meio-Homem. "Os irmãos regicidas. Gosta de como soa?" disse o anão, não perdendo a oportunidade de lançar uma de suas frases de efeito. Jaime, por sua vez, segue tendo dificuldade em sua relação com Cersei, o que motiva-o a seguir seu juramento para com Catelyn Stark, ainda que através de Brienne. Desde já estou curioso para ver mais da jornada de Podrick ao lado da amazona, que ganhou a espada de aço valiriano do Lannister. A arma foi batizada de Oathkeeper, título do episódio, que significa algo como Cumpridora de Promessas.


Jon
Na Patrulha da Noite, Jon Snow segue ganhando força, algo que incomoda seus "haters". O mesmo é designado para uma missão além da muralha afim de localizar e eliminar os traidores que mataram Mormont. Mal sabe ele que sua jornada provavelmente o levará a Bran, mas sobre isso comentarei logo mais. O bastardo terá que tomar cuidado com Locke, o enviado de Bolton que se voluntariou a ajudá-lo, mas que está lá com o objetivo de localizar os caçulas Stark. Missão, convenhamos, quase impossível, visto que Rickon nem na série costuma aparecer, ainda mais agora que se separou do grupo.

Sansa
Sansa, por sua vez, segue sua jornada de navio rumo ao Ninho da Águia. Ao menos é isso que garante Mindinho, que segue sendo o personagem manipulador e odiável de sempre. Descobrimos que através dele o colar envenenado chegou até a jovem Stark, mostrando que o mesmo tem uma aliança com os Tyrell, os verdadeiros responsáveis pela morte de Joffrey, e que nem mesmo estão sendo cogitados como suspeitos. Um plano perfeito, diria lorde Baelish. Olenna, que não perde tempo, já tratou de encaminhar Margaery aos aposentos do futuro rei Tommen, numa das cenas que melhor retratam GoT. Ás vezes a principais ações em busca do trono acontecem na surdina, nas sombras, ou numa madrugada. Quem vai se dar bem é Tommen, se é que vocês me entendem.


Bran
Por fim, chegamos a jornada de Bran, que parece finalmente ter engrenado. Após entrar na mente do lobo Verão, o garoto avista Fantasma, o lobo de Jon Snow, o que acaba o levando a serem capturados pelos traidores da Patrulha da Noite. Confesso não ter entendido ao certo o que aconteceu com Jojen Reed naquela cena. Houve algum evento importante que o levou aquela convulsão? Os irmãos Reed seguem sendo uma incógnita a mim. Também senti muita dó de Hodor, pelos maus tratos que sofre nas mãos de seus raptores. O jovem Stark foi obrigado a revelar sua identidade, o que esquentará as coisas do outro lado da muralha.

Pra encerrar o episódio, a icônica cena do white walker cavalgando com o bebê que fora deixado para o sacrifício. Descobrimos um pouco mais sobre aquela raça, e de como eles realizam uma espécie de ritual, transformando os bebês em white walkers. E seguimos aguardando por mais um capítulo, sem fazer muita ideia do que pode vir pela frente, mas sabendo que acontecimentos impactantes virão, como Game of Thrones sabe bem fazer. Até semana que vem!

Você pode curtir o Cinéfilo em Série no Facebook e também nos seguir no Twitter!

Comentários

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...