Game of Thrones 5x01 | The Wars to Come


[spoilers]

Game of Thrones voltou. E a espera sempre vale a pena, ainda que algumas pessoas tenham tentado estragar a estréia quando vazaram 4 episódios da série. Lamentável, mas fazer o que. Eu, particularmente, prefiro aguardar semanalmente para assistir, é o mínimo de gratidão que posso ter pelo seriado que tanto gosto de assistir.

The Wars to Come, no entanto, se mostrou um episódio burocrático para uma Season Premiere. Não tivemos grandes acontecimentos ou cenas impactantes. Na verdade até tivemos, mas não como eventos anteriores, e acredito que esse seja o grande desafio de GoT. Fazer com que os espectadores mantenham o mesmo nível de atenção e expectativa com a trama, após a adaptação do terceiro livro, que é tido por muitos como o melhor da saga até aqui.


Tyrion
Que perrengue vive o nosso querido Meio-Homem. Exilado bem longe de Porto Real, Tyrion mostra-se uma pessoa desesperançosa, que perdeu a vontade de viver e agora só aguarda a morte. Não é para menos, visto que foi traído pela mulher que amava, pelo pai, pelo irmão, pela irmã... Por sorte (ou não) Lord Varys está com ele, motivando-o a ir até Meereen para encontrar Daenerys e tentar virar o jogo. Sempre me pergundo se Varys é um personagem confiável ou não (será que há alguém confiável em GoT?), mas aqui parece que ele exerce um papel interessante em tentar reerguer Tyrion, e por isso ganhou pontos comigo. Curioso para o que virá a seguir.

Cersei
Tida antes como a vilã que amamos odiar, no 5x01 tivemos, talvez pela primeira vez, um vislumbre de uma Cersei protagonista. O flashback que abriu o episódio pouco mostrou, mas já deu toda uma perspectiva diferente para a personagem, e isso a série sabe fazer muito bem. Será que a rainha regente obterá redenção? Duvido muito, mas será interessante acompanhar isso. Vale citar que Porto Real encontra-se em um momento bem delicado. A morte de Tywin gerou grande instabilidade no poder local, fazendo com que todos queiram uma parte do bolo. Será que os gêmeos Lannister darão conta de manter o império de pai de pé?


Daenerys
Do outro lado do oceano, voltamos a acompanhar a dificuldade de Daenerys em comandar seu povo e, principalmente, seus filhos. Ficou claro nesse episódio que a mesma perdeu qualquer controle que tinha pelos dragões, que a atacam sem piedade no calabouço. Drogon, por exemplo, sumiu há algum tempo. Sabendo que os dragões são seu grande trunfo numa possível guerra com Porto Real, me pergunto como Khaleesi retomará o comando dos mesmos, se é que tomará.

Daario Naharis, agora oficialmente amante da rainha, parece exercer influência direta nas decisões da mesma, o que pode ser bastante perigoso no futuro. No mais, me pergunto o por que a série continua insistindo no romance entre Verme Cinzento e Missandei. Será que haverá um desfecho relevante?

Sansa
Pouco vimos da jovem Stark nesse episódio, porém foi o suficiente para percebermos que a parceria com Mindinho segue firme e forte. Sua postura e visual mudou bastante da temporada passada, e isso ficou bem evidente aqui. Sobrou para o jovem órfão Robin Arryn, que foi deixado para trás para melhorar suas habilidades como guerreiro.

Perto dali, bem perto mesmo, estava Brienne, que parece desesperançosa em cumprir sua missão de proteger as irmãs Stark. As discussões com Podrick continuam as mesmas, e seria bom se essa subtrama ganhasse um novo rumo daqui pra frente, do contrário ficaremos presos a mesmice.


Jon
Por fim, acompanhamos os desdobramentos da chegada de Stannis à Muralha e o papel de Jon Snow nisso tudo, que é usado pelo Rei Baratheon na tentativa de conseguir Mance Rayder e os selvagens como aliados. É evidente que isso não foi possível, e Jon mostrou ter colhões ao poupar Mance do sofrimento na fogueira. Percebe-se claramente que o bastardo Stark se tornou um grande líder, ainda que não exerça esse papel propriamente dito. Seu treinamento com o garotinho que matou Ygritte foi uma mistura de rispidez e afeto, o que prova o que digo.

Stannis, por sua vez, pela primeira vez conseguiu minha empatia na série, mostrando-se decidido a alcançar seus objetivos. Na verdade qualquer pessoa com interesse de tomar o Norte das mãos dos Boltons teria meu apoio, e assim foi.

O inverno está chegando. Até semana que vem!

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...