5 Motivos Para Você Assistir | Buffy the Vampire Slayer


Desde que eu me entendo por gente eu ouço falar de Buffy, isso porque minha tia e prima são fãs da série e acabei me interessando logo quando comecei a mergulhar no mundo dos seriados televisivos. Mas, por algum motivo, eu nunca conseguia passar da 4ª temporada, tentei duas vezes e empaquei ali. Talvez seja porque eu não estava pronta para a série na época, ou ainda porque essa 4ª temporada é uma das mais chatas... de qualquer forma, só consegui terminá-la anos depois, agora em 2017. Coincidentemente, no ano que a série faz 20 anos!

Fiquei dividida entre a felicidade de ter acabado uma história tão boa, que tem uma grande importância na minha vida, e a tristeza causada pelo mesmo motivo. Só quero dizer que é uma série excelente e que se você gosta de vampiros, demônios, ação e comédia, você precisa assistir! E por essa razão eu estou aqui pra te dar 5 motivos pelos quais acredito que Buffy the Vampire Slayer vale o seu tempo e dedicação.



1. Buffy é uma ótima protagonista

É uma mulher real. Vemos ela crescer conforme as temporadas vão passando e apesar de aparentar ser uma menininha fútil e chata, o que ela era antes de se descobrir Caçadora, é uma pessoa de bom coração e que carrega grandes responsabilidades sem que ninguém saiba. Aliás, acho legal comentar que Joss Whedon (Vingadores: Era de Ultron), o criador de Buffy, queria transformar o clássico tipo de "donzela em perigo": uma garota jovem, loira e aparentemente inofensiva.

2. Os personagens secundários não são tão secundários assim

Por mais que a Buffy seja a Escolhida, ela nunca está sozinha. Ela tem ajuda de Giles, seu sentinela, para treiná-la e ajudá-la com pesquisas, para saber o que está enfrentando. Também possui dois melhores amigos, Xander e Willow. Conforme a história caminha, outras pessoas também entram no grupo para ajudar a derrotar as forças do mal. Mas diferente do que normalmente acontece, dos personagens secundários estarem ali apenas para a protagonista e não sabermos muita coisa sobre eles, a série abre espaço para essas histórias. No fim, conseguimos ver que eles são tão importantes quanto a própria Buffy.


3. A grande metáfora utilizada

Na reunião organizada para a Entertainment Weekly, Sarah Michelle Geller (Buffy) comenta algo que eu não tinha sequer pensado em todos esses anos e, quando escutei, achei a coisa mais genial do mundo, estava ali na minha cara o tempo todo. Ela diz que a série pega todos os problemas e horror que há na vida e manifesta isso em monstros reais. O mais interessante é que com o passar dos anos, Buffy também enfrenta humanos que fazem o mal.

O que mais levo dessa série é que, sejam eles monstros ou humanos, todos precisamos enfrentar nossos próprios demônios durante a vida. E tendo o apoio das pessoas certas, você pode enfrentar qualquer coisa.

4. Nada de amor perfeito

Eu não sei vocês, mas não tenho nenhuma paciência quando vou ler ou assistir alguma coisa e ali no meio tem casais perfeitos e sem diferenças. E mesmo quando tem, conseguem passar por tudo e ficar bem no final. Acho que já vivi o bastante pra saber que é muito difícil as coisas darem certo com facilidade. Em Buffy temos relações amorosas e duradouras dos personagens, mas eles são constantemente apresentados a conflitos e mais conflitos que demoram para serem resolvidos. Isso os torna mais reais.

5. Episódio musical

Alguém disse musical? Tá, esse motivo não vai convencer muitas pessoas, mas ainda é um bom motivo. Eu sou completamente apaixonada por musicais e quando soube que na 6ª temporada havia um episódio do gênero, fiquei louca pra chegar até lá. Demorou, mas quando chegou até chorei de emoção. Apesar de nem todos os atores terem uma super voz, eles mandaram muito bem! E o melhor é que há um bom motivo para eles começarem a cantar de repente.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...