5 Motivos Para Você Assistir | It: Uma Obra Prima do Medo (1990)


O dia da independência passou, mas o mais importante naquela data era a estréia de It: A Coisa, remake do telefilme de 1990, que trouxe para as telas um dos personagens mais marcantes dos livros do Stephen King, Pennywise o palhaço dançarino. Ainda que você não tenha assistido a essa minissérie, que se transformou em um filme de 3 horas de duração (não é pra qualquer um!), é quase impossível que você não conheça o palhaço vivido por Tim Curry (The Rocky Horror Picture Show).

De qualquer forma, se você foi assistir ao remake sem conhecer a orba, ou nem sabia dessa outra adaptação, venho aqui tentar fazer você dar uma chance a ela. Confesso que eu mesma não gostei a principio, mas acabei gostando de como me ajudou com meu medo com palhaços, mesmo que essa superação tenha ido pro lixo depois do recente lançamento.

Enfim, chega de falar de mim! Eis 5 motivos para você assistir It: Uma Obra Prima do Medo.


1. Conhecer a outra parte da história

Esse motivo é mais para quem foi assistir o filme desse ano, ainda não leu o livro, e ficou curioso para saber o que acontece em seguida. Mesmo que o telefilme não seja tão fiel a obra original, segue uma linha narrativa semelhante, alternando a linha do tempo entre presente e passado. Então podemos ver os adultos lembrando de quando enfrentaram a Coisa pela primeira vez, quando crianças, ou seja, 27 anos depois dos fatos ocorridos na infância.


2. O Pennywise de Tim Curry

Eu tenho certeza que você já viu esse palhacinho pela internet, é quase impossível não se deparar com ele por aí. Foi dessa forma que entrei em contato com a história, pois como tinha medo dele, quis assistir ao filme para confrontar esse temor. Apesar de Bill Skarsgård entregar um Pennywise muito bom e medonho no filme de 2017, ainda prefiro a versão de Tim Curry pois ele consegue botar medo (o que é bem pessoal) e ser engraçado ao mesmo tempo, me fazendo lembrar bastante do palhaço do livro, que me fazia rir bastante.


3. Uma experiência diferente

Esse filme foi concebido originalmente como uma minissérie de 2 episódios, e todos sabemos que uma produção televisiva é bem diferente das que vemos no cinema. Vou dar um exemplo tosco: High School Musical. Dos três filmes, apenas o último foi feito para o cinema e eu, que na época tinha 10 anos, pude notar claramente a diferença da qualidade de um filme para o outro. Então, o que você vai encontrar nessa adaptação para a TV é bem diferente do que você encontrou no cinema. Não há muitos sustos e você talvez dê risadas, ou morra de tédio, mas acredito que toda experiência é válida e essa é uma que todo fã do livro e do novo filme deveria ter.


4. O elenco mirim

Diferente do filme atual, como já disse antes, nessa adaptação também vemos os personagens adultos. Sendo assim, não tem como não comparar as duas versões, seja pelos personagens ou pelos atores. Tendo em mente que trata-se de uma obra da década de 90, é curioso perceber que as crianças se destacam perante os adultos. Posso estar falando bobagem, mas pessoalmente é o que acho. O elenco adulto não funciona junto e não aparentando serem amigos assim. Um desafio que a sequência do filme de 2017 terá.


5. Enfrentar seus medos

Meu objetivo ao assistir It: Uma Obra-Prima do Medo pela primeira vez era enfrentar meu medo de palhaço. E deu certo, parcialmente. Perdi o medo delo Pennywise, mas o medo de um modo geral permaneceu, ainda que fora diminuindo com o passar dos anos, praticamente sumindo por completo. Ao assistir o novo filme no cinema, esse medo voltou com tudo e, juro, meu coração acelera só de pensar em ambos os filmes. Então, se você ficou com medo do novo Pennywise, talvez esse filme só piore as coisas... ou talvez ajude. Isso é muito particular de cada um, não tem como saber, mas achei necessário falar do meu medo como um aviso. Veja por sua conta e risco!

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...