BoJack Horseman | 4ª Temporada


BoJack Horseman, série animada de grande sucesso da Netflix, criada por Raphael Bob-Waksberg, chegou a sua quarta temporada para nos contar onde BoJack esteve durante esse ano de hiato da produção.

No fim da 3ª temporada, BoJack (voz de Will Arnett) sofreu com os acontecimentos e escolhas que fez em sua vida. Mergulhado na depressão, ele quase toma atitudes drásticas quando se depara com uma cena que instiga seus instintos animalescos e, também, lhe abre uma janela para uma possível mudança da devastação em que sua vida se encontra.

O primeiro episódio da temporada começa sem o protagonista, enaltecendo seu sumiço. Nesse ponto o roteiro acerta, pois dá espaço para personagens coadjuvantes, como a Princess Carolyn (voz de Amy Sedaris), Diane (voz de Alison Brie), Todd (voz de Aaron Paul) e Mr. Peanutbutter (voz de Paul F. Tompkins) contarem melhor suas histórias, conflitos e evoluções, sem a influência de Bojack.

Crédito: Netflix

Nessa temporada, Mr. Peanutbutter e Diane tem a história do seu casamento colocada em teste. Inicialmente Mr. Peanutbutter está concorrendo ao governo da cidade, e nessa corrida a série faz claros paralelos com as eleições americanas, indiretamente, fazendo piadas com acontecimentos políticos. O roteiro também usa de Diane para trazer discussões sobre a segurança da mulher nos dias de hoje, o que rendeu piadas muito boas, mesmo sabendo o quão certa ela está. Os conflitos entre o casal nascem desse âmbito político, mas acabam se estendendo para escancarar sua incompatibilidade.

Princess Carolyn teve um ano difícil. A terceira temporada acabou com uma nota positiva para ela, mas não sabíamos a quantidade de sofrimento que ela teria que passar ao ver um futuro que tanto desejava esvair de forma tão cruel. A personagem passou por momentos extremamente comoventes nessa temporada e, fazendo um paralelo, na face da derrota, conseguiu ser mais autodestrutiva que Bojack.

Todd, por sua vez, teve finalmente um arco que discutiu sua sexualidade. Seguindo o rumo que o ano anterior havia deixado, ele então segue sozinho na busca de entender o que ele é, ou o que não é, dentro daquele universo. Nessa temporada, Todd não compartilha da trama de Bojack, como sempre fazia. O roteiro distintamente separa os personagens em núcleos, afim de evitar que Todd influencie o arco de Bojack. Por isso, sua jornada de auto descobrimento justifica o seu afastamento completo.

Crédito: Netflix

Falando agora de Bojack. Ele eventualmente retorna a Hollywoo, mas não antes de vagar em busca de um lugar que o receba, pois não possui mais o sentimento de pertencer. Ao longo dessa jornada, ele retorna a casa de verão de sua família, onde passou dias de sua infância. Essa casa é um personagem muito importante nessa temporada, um link direto entre o passado e o presente do protagonista, além da ligação com sua mãe, Beatrice (voz de Wendie Malick).

No enredo de Bojack, a participação de Todd surge apenas para introduzir Hollyhock, nova personagem dessa temporada. Ela chega a Hollywoo em busca do seu pai biológico, que, no caso, acredita ser BoJack. Após receber a confirmação de parentesco através de um elaborado teste de DNA, que Todd a ajuda a obter, ela também sente a necessidade de saber quem é sua mãe. BoJack é a única pessoa que pode ajudá-la com isso, então começa uma jornada em busca da verdadeira mãe da garota. Durante tal busca, os personagens criam um vínculo, colaborando para trazer a mãe do protagonista  para a trama. Fica evidente que BoJack é produto de péssimas escolhas de vida e atitudes que podem marcar uma pessoa para sempre. Isso aguça a nossa visão do porquê ele age como age.

Para concluir e evitar maiores spoilers, a temporada termina coroada com um excelente plot twist, que passa por vários níveis de dor, sofrimento e traumas para nos entregar um final otimista. Foi um ano que navegou por mares extremamente pessimistas, passou por duras realidades, explorou erros que todos os personagens cometeram, porém conseguiu ser verdadeira a essência de que a vida acontecesse, e por mais que seja difícil, há momentos que fazem valer a pena e que nos ensinam a evoluir como pessoa, ou no caso, como animais também. 

Crédito: Netflix

Também fiz uma análise da 4ª temporada de BoJack Horseman no meu canal, confere abaixo:

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...