Coletiva | Jennifer Lawrence e "Operação Red Sparrow"


Estreia hoje nos cinemas de todo o Brasil o novo filme estrelado por Jennifer Lawrence (O Lado Bom da Vida): Operação Red Sparrow. Para divulgar o novo longa, a atriz, em companhia do diretor Francis Lawrence (Constantine), participaram de uma coletiva via satélite diretamente de Londres para a imprensa de São Paulo. A convite da Fox Films do Brasil, o Cinéfilo em Série marcou presença e teve o prazer de participar do bate papo com a dupla.

Apesar da curta duração (em torno de 20 minutos), os jornalistas presentes levantaram questões específicas, tanto para Jennifer quanto para Francis. O diretor, por exemplo, esclareceu que apesar do longa ser baseado em uma trilogia de livros, ainda não há planos para uma sequência:

“Eu tenho minha visão de onde podemos ir com a história, mas não é uma franquia que queremos enfiar goela abaixo. Mas se as pessoas abraçarem o filme e forem ao cinema, parece certo fazer algo novo e adoraríamos voltar ao projeto.”

Jennifer Lawrence, por sua vez, falou um pouco sobre como foi gravar as cenas de tortura – alguns dos momentos mais impactantes de Operação Red Sparrow:

“Toda vez que um ator precisava fazer algo muito físico no set, Francis era muito direto sobre o que seria necessário, o que estaria envolvido. Ele também tinha muito cuidado para filmarmos o mais rápido possível.” 

No que diz respeito ao seu parceiro de cena, a atriz foi só elogios a Joel Edgerton (Bright), ressaltando não ter alguém melhor para o papel de Nate Nash:

“Nós dois temos formas similares de trabalhar, não gostamos de ficar tão sérios no set. O que é bom para nós, provavelmente ruim para Francis.”, brincou a atriz. 

Para finalizar, Francis respondeu o quão revigorante foi trabalhar com personagens ainda não retratados nas telonas. Em uma realidade em que grandes franquias são o que fazem dinheiro, o diretor, tendo total apoio do estúdio, se viu livre para arriscar:

“Foi tudo muito corajoso, mas agora estamos naquele momento em que vamos ver se as pessoas vão encarar o filme como nós. Isso assusta porque não é um filme de quadrinhos.”

E se você quiser assistir a coletiva completa e legendada, basta dar play abaixo!



Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...