HQ | A Saga do Tio Patinhas


Tio Patinhas. Será que existe uma alma viva que não saiba quem é o pato mais rico, ranzinza e mão fechada da história? Provavelmente não, mas e sua origem? Como foi a trajetória do personagem até se tornar o proprietário de uma das maiores fortunas do mundo? Chegou a hora de você saber.

A Saga do Tio Patinhas é uma coleção em 12 capítulos que aborda a infância pobre de Patinhas, descendente de um clã ancestral na Escócia, que teve suas terras abandonadas e tomadas por outros. O personagem então decide reaver as propriedades e a dignidade do clã. Seu primeiro trabalho é como engraxate, porém, após ser pago com uma moeda sem valor, ele assume para si que não será mais enganado e dá duro pelos seus objetivos.

Patinhas viaja pelo mundo inteiro à procura de maneiras de enriquecer e, vez ou outra, se depara com dilemas que o farão refletir se vale a pena ou não seguir esse caminho. Dos EUA a Indonésia, passando pela África do Sul e Canadá. Quem já assistiu Duck Tales vai sentir um gostinho de infância muito presente. Apesar de não termos o trio (Huguinho, Zezinho e Luisinho), o clima é idêntico ao da série, mesmo com tom um pouco mais sério. Um dos maiores méritos do autor, Don Rosa, é ter se aprofundado no desenvolvimento do personagem, mesmo já havendo uma base sólida construída ao longo dos anos.

Foto: Divulgação

Também é interessante a forma como o autor mescla a trajetória de Patinhas com figuras históricas da cultura norte-americana. Em dado momento, por exemplo, no Velho Oeste, somos apresentados a figuras a Wyatt Earp, Bat Masterson e o juiz Roy Bean, lendas do Oeste na época da Corrida do Ouro.

A Saga do Tio Patinhas é um quadrinho mais que necessário para qualquer fã do Universo Disney. Além disso, é uma boa maneira de incentivar os jovens à ler, pois trata-se de uma obra rica visualmente e com conteúdo relevante.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...