CRÍTICA | Guardiões da Galáxia Vol. 2

Direção: James Gunn
Roteiro: James Gunn
Elenco: Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Baustista, Bradley Cooper, Vin Diesel, Karen Gillan, Michael Rooker, Kurt Russell, entre outros
Origem: EUA
Ano: 2017


Três anos após o lançamento de sua primeira produção, a Marvel Studios traria a continuação daquele que é um dos longa-metragens mais carismáticos da história dos filmes baseados em quadrinhos. Sim, estamos falando de Guardiões da Galáxia Vol. 2, novamente sob a tutela de James Gunn (Super), que estreava nos cinemas matando a saudade de quem não aguentava mais esperar pelo retorno de Baby Groot e companhia.

A trama dá sequência direta a história contada no primeiro filme, focando na trajetória de Peter Quill (Chris Pratt), o Senhor da Estrelas, e sua relação com seu pai, o planeta Ego (Kurt Russell). Assim tivemos a oportunidade de descobrir mais sobre a origem de Quill, sua relação com seu "pai adotivo" Yondu (Michael Rooker), bem como introduzir novos personagens como Mantis (Pom Klementieff) e Ayesha (Elizabeth Debicki), que trouxeram uma nova dinâmica para a obra.

Se preocupando mais em ampliar os conceitos apresentados no longa anterior do que necessariamente inovar, Gunn mantém tudo aquilo que tornou os Guardiões um sucesso tão grande: personagens cativantes e bem desenvolvidos, humor descompromissado, fotografia colorida e exuberante e, claro, uma trilha sonora que conversa com a trama e empolga como poucas. As pouco mais de 2 horas de projeção passam quase despercebidas graças ao tom leve e brincalhão da obra, que sempre está atrelado a ótimas cenas de ação.

Foto: Marvel Studios

Voltando a falar sobre o elenco, todos os atores da equipe principal seguem carismáticos e divertidos como de costume. Quem acaba roubando a cena é Dave Bautista (Blade Runner 2049) que ganha mais espaço no roteiro para brincar com a falta de senso de Drax. Já Baby Groot (Vin Diesel) encanta em todas as cenas em que aparece com sua imensa fofura e inocência. Vale citar também a participação marcante de Sylvester Stallone (Creed: Nascido Para Lutar), que vive um personagem que expande o universo dos Guardiões no cinema, chegando a gerar boatos de que poderíamos ver um spin off de sua própria equipe no futuro.

No fim, Guardiões da Galáxia Vol. 2 é mais um acerto da Marvel Studios, que deu carta branca para James Gunn entregar mais uma obra cativante ao espectador.  O filme é completo em todas as esferas, desde das piadas às referências, da ação ao drama e relação entre os personagens, que, em certo ponto, pode até fazer chorar. Trata-se de um longa que garantiu espaço no meu coração e, tenho certeza, deixou muita gente feliz.

Foto: Marvel Studios

Excelente

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...