5 Motivos Para Você Assistir | Silicon Valley


Não é de hoje que filmes e séries focados no universo nerd fazem sucesso. A fascinação por esse mundo deixou há muito tempo de pertencer a um pequeno grupo de pessoas e tem sido cada vez mais “cool” entender de tecnologia e programação. Jovens - e nem tão jovens assim - sonham em ter uma ideia que revolucionará a internet e que, consequentemente, fará deles novos milionários. 

Tendo como pano de fundo tais mudanças estruturais da sociedade e baseando-se parcialmente nas experiências de seu co-criador, Mike Judge (Beavis and Butt-Head), Silicon Valley narra de maneira hilária a vida de quatro amigos que dividem uma república na região do vale do silício, perto de São Francisco. Mais do que uma casa, a moradia funciona como uma incubadora de idéias e é "gerenciada" por Erlich Bachman (T.J. Miller), um desenvolvedor que teve seu aplicativo adquirido por uma gigante do vale do silício. 

A série, que já foi renovada para a sua sexta temporada pela HBO, recebeu desde seu início críticas muito positivas, tanto por suas atuações quanto pelo roteiro. Se você sempre teve curiosidade, mas nunca deu uma chance para Silicon Valley, ou mesmo se você nunca tinha ouvido falar da série, mas achou o tema interessante, listo aqui 5 motivos para que comece a assisti-la logo.


1. Como são criados os Apps 

Se você sempre quis saber um pouco mais sobre como desenvolver um aplicativo e colocá-lo nas appstores, essa série é pra você. Silicon Valley narra como Richard (Thomas Middleditch) descobriu por acaso um algoritmo capaz de revolucionar a internet como a conhecemos. Em cada uma das temporadas, acompanhamos as diferentes fases da empresa, Pied Piper, que nasceu a partir dessa ideia: desenvolvimento, apresentação para possíveis investidores, financiamento, etc. 

Foto: HBO


2. Richard

Assim como vários líderes do mundo digital, como por exemplo Mark Zuckerberg, Richard (Thomas Middleditch) é o desenvolvedor e CEO da Pied Piper. Seu papel muda um pouco a cada temporada, mas o eterno desconforto e inabilidade de conviver em público é sua marca registra. É impossível não se apaixonar por ele e torcer para que ele consiga levantar os fundos necessários para tornar a empresa real. 


3. A conturbada amizade entre Gilfoyle e Dinesh

O sarcasmo do satanista Gilfoyle (Martin Starr) e a quase ingenuidade do indiano Dinesh (Kumail Nanjiani) são um espetáculo à parte dentro de Silicon Valley. A eterna competição entre eles é o centro de várias das cenas mais engraçadas do seriado. É simplesmente impossível não se divertir com a dupla.


4. Jared 

Jared (Zach Woods) é uma personagem que cresce a cada temporada. Ele é a cabeça estratégica da turma (ou deveria ser); o cara com MBA, contratado para negociar com os fundos de investimento. Mais do que um funcionário da Pied Piper, Jared torna-se um verdadeiro amigo de Richard e mergulha de cabeça no mundo dos apps para ajudar a empresa a crescer.

Foto: HBO


5. Não é The Big Bang Theory

Não que The Big Bang Theory não seja o máximo, mas o universo nerd de Silicon Valley é outro. A série é muito mais sarcástica, ridicularizando não somente os nerds, mas todos que se envolvem com eles. A própria série e suas várias facetas são o motivo da piada. O tom da produção vem justamente da capacidade dos roteiristas em estereotipar todas as esferas de poder (ou não) do mundo da tecnologia.


Ficou interessado em conhecer Silicon Valley? Todas as temporadas estão disponíveis na HBO

_

Lívia Campos de Menezes é apaixonada por filmes, séries e boa música (leia-se rock'n'roll). Adora ler e viajar. Mora em São Francisco (CA), onde trabalha como produtora de cinema independente.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...