5 Motivos Para Você Assistir | Bates Motel


Quando Bates Motel estreou em 2013, muitas pessoas ficaram preocupadas que o universo criado por Alfred Hitchcock (Janela Indiscreta) em sua obra-prima, Psicose (Psycho, 1960), fosse arruinado pela série estreante da A&E. Cinco anos se passaram desde então e é perceptível que a produção conseguiu honrar o longa original e conquistar milhares de fãs pelo caminho.

A série é uma espécie de prelúdio dos eventos passados em Psicose, focando, portanto, na adolescência de Norman Bates (Freddie Highmore) e na relação problemática com sua mãe, Norma Bates (Vera Farmiga). Apesar da premissa inicial, o seriado não se destina apenas ao público juvenil ou unicamente aos fãs da obra original, pelo contrário, da pra embarcar tranquilamente na premissa sem necessariamente você ter assistido ao longa de Hitchcock.

Ficou curioso? Listo então 5 motivos para você assistir Bates Motel!


 Psicose 

Como já comentado, a trama de Bates Motel tem como finalidade mostrar a juventude de Norman Bates, protagonista icônico de Psicose. Lançado em 1960, o longa original foi um dos grandes sucessos do diretor britânico Alfred Hitchcock, sendo até hoje referenciado, graças a inesquecível cena do assassinato no chuveiro. Com a série, esse universo foi expandido, possibilitando que conheçamos o passado de Norma Bates e a vida de Norman com seus amigos, bem como somos apresentado a origem de seus problemas mentais.

Além disso, a série também é recheada de easter eggs e referências ao filme. Dos trejeitos de Freddie Highmore (Em Busca da Terra do Nunca) ao emular o trabalho de Anthony Perkins - o Norman Bates original - até determinadas cenas e diálogos, tudo soa como uma grande homenagem a Psicose. Aliás, mesmo não sendo obrigatório assistir ao filme para entender a série, fazê-lo é a melhor opção para entender todos os detalhes da trama expandida (fora que se trata de uma obra-prima).

Foto: A&E


 A Transformação de Norman Bates 

Mesmo ciente da trama promissora, preciso confessar que a atuação de Freddie Highmore não me convenceu logo na primeira temporada. Em alguns momentos sua interpretação me soava forçada, era difícil acreditar na veracidade das crises de Norman. O personagem começa a história como um jovem desajustado, o que remete a muitos clichês adolescentes. Contudo, é possível dizer que os dois (ator e personagem) evoluíram juntos. A personalidade de Norman vai aos poucos ganhando novas camadas e Freddie dá conta do recado. Isso fica claro quando chegamos na quinta e última temporada da produção, quando Norman está no auge de sua psicose e seu interprete entrega uma atuação digna de Emmy.


 A Relação de Norman e Norma 

O carro chefe da série é a conturbada relação de mãe e filho entre Norma e Norman Bates. Mesmo apostando em outras tramas secundárias (como o relacionamento com o irmão mais velho de Norma ou os crimes que ocorrem na cidade de White Pine Bay), o que realmente prende o público é a dinâmica dos verdadeiras protagonistas da trama. Mãe e filho levam uma vida nada convencional e são grandes exemplos de como um relacionamento abusivo e extremamente tóxico pode gerar graves consequências no futuro.

Mesmo em um ambiente familiar, com os dois se amando de forma incondicional, eles machucam um ao outro inconscientemente. Não é a toa que os cartazes de divulgação da última temporada anunciavam:

“Juntos até o fim.” 

Foto: A&E


 Vera Farmiga 

O que falar dessa mulher? Conhecida especialmente por seu papel nos filmes da franquia Invocação do Mal, onde interpreta a médium Lorraine Warren, Vera Farmiga (Amos Sem Escalas) dá vida a Norma Louise Bates com maestria. De personalidade intensa, ela é o tipo de personagem que você vai amar e odiar ao mesmo tempo. É acima de tudo humana e, por isso, nem sempre acerta quando se trata do tratamento ao seu filho. 

Farmiga é quem entrega as cenas mais emocionantes de Bates Motel (e também as mais engraçadas). A atriz transita muito bem entre o drama e a comédia, além de carregar uma aura sobrenatural e misteriosa que já vem de seus trabalhos anteriores.


 Disponível na Netflix 

Atualmente, todas as cinco temporadas de Bates Motel estão disponíveis na Netflix, o que facilita e muito a escolha de começar a assistir a série. Trata-se de uma produção muito tranquila de se maratonar, já que as temporadas são curtas (10 episódios cada) e a maioria dos episódios termina com um cliffhanger que te faz ficar maluco para assistir o próximo. Além disso, um dos grandes trunfos dos roteiristas foi saber encerrar a história no momento certo, sendo assim, a série não se estende além do necessário. Bates Motel termina no auge! 


Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...