5 Motivos Para Você Assistir | The Handmaid’s Tale


Já na reta final de sua segunda temporada, The Handmaid’s Tale, produzida pela plataforma de streaming Hulu, é um fenômeno sem igual. Sucesso desde o seu lançamento, a produção já abocanhou uma infinidade de prêmios, entre eles o Globo de Ouro de melhor série dramática e de melhor atriz em série dramática para Elisabeth Moss (Mad Men), prometendo se tornar uma referência no que diz respeito a enredos distópicos.

A série, que é baseada no romance homônimo de Margaret Astwood (O Conto da Aia, na versão brasileira), narra a história de uma sociedade distópica, onde os Estados Unidos sofreu um golpe de estado e passa a ser comandado por fundamentalistas religiosos, tornando-se o regime teocrático da República de Gilead. Além disso, uma série de incidentes ligados à destruição do meio ambiente resulta em um mundo que sofre com a infertilidade e baixas avassaladoras de natalidade. Nesse contexto conhecemos a protagonista, Offred (Moss), que é uma handmaid (aia), ou seja, faz parte de um grupo de mulheres ainda férteis, designadas apenas para procriação em famílias de alto poder aquisitivo. E é aqui que acompanhamos a sua história de subserviência e desejo de escapar .

Bom, se tudo o que dissemos até aqui não despertou a sua curiosidade em dar o play na série, separamos uma lista especial com 5 motivos para você começar a maratonar os epiódios para ontem. Bora lá?

Foto: Hulu


1. A série é uma ÓTIMA adaptação

Adaptar uma obra literária para as telas é sempre um grande desafio, ainda mais quando se trata de um enredo tão contundente quanto o do livro de Atwood. No entanto, The Handmaid’s Tale consegue fazer um trabalho primoroso e surpreendente. Isso porque consegue não apenas ser fiel à sua versão original, mas também ampliar o universo criado pela autora, agregando novos elementos sem perder a identidade e essência da narrativa. Vale lembrar que Margaret Atwood está envolvida diretamente com a produção criativa do seriado.


2. Premissa assustadoramente real

“Nada muda instantaneamente”. Essa é uma frase da protagonista Offred, ao falar sobre golpe de estado sofrido pelos Estados Unidos, que foi tramado e executado etapa por etapa, retirando direitos aos poucos com o discurso de que seria algo temporário, garantindo que a população não se rebelasse e sem dar tempo para que ela revidasse. Isso te lembra alguma coisa?

The Handmaid’s Tale faz mais do que apenas chocar o espectador com sua trama. A série faz com que fiquemos atentos, abrindo nossos olhos e lembrando que nem sempre nossos direitos e nossa democracia estão a salvos. Mesmo focando quase 100% do seu enredo na ausência total dos direitos das mulheres e no abuso ao corpo feminino, a produção não deixa de lado o tom político como um todo. Posso dizer que é sufocante e apavorante. E se você assistiu e não viu qualquer semelhança com o cenário político mundial atual (e principalmente o brasileiro), bom, eu sugiro que você comece de novo.

Foto: Hulu


3. Trilha sonora sensacional

The Handmaid’s Tale é cheia de tapas na cara por natureza, e sua trilha sonora não podia ser diferente. As músicas escolhidas se adaptam perfeitamente a cada momento da trama, muitas vezes deixando mensagens subentendidas, por isso, preste bastante atenção no que está ouvindo e assistindo. Além disso, nomes como Nina Simone, Blondie, Simple Minds e Lesley Gore fazem parte das canções escolhidas, e aqui te desafio a não derramar uma lágrima quando tocar "You Don’t Own Me". Se você quiser saber mais, deixo aqui um texto maravilhoso do blog Série Por Elas.


4. Ótimo elenco

Eu já disse que a Elisabeth Moss ganhou o Globo de Ouro de melhor atriz em série dramática, certo? Pois é, trata-se de um prêmio extremamente merecido após uma atuação avassaladora, brutalmente maravilhosa e digna de aplausos. E não é apenas ela que arrasa no seriado, pois também temos Samira Wiley (Orange is the New Black), Alexis Bladel (Gilmore Girls) e Madeline Brewer (Black Mirror), esta simplesmente incrível no papel da handmaid Ofwarren/Janine.


5. Uma série completa tecnicamente

Bom enredo, roteiro adaptado impecável, fotografia sem igual, paleta de cores perfeitamente escolhida, planos de câmera bem explorados. Resumindo, The Handmaid’s Tale tem tudo para prender o espectador na frente da tela e encanta-lo. O seu sucesso não é à toa, explorando todos os aspectos técnicos da produção com detalhe, carinho e dedicação. E se você sobreviver a todas as cenas revoltantes, ao enredo brutalmente real e a todos os momentos de tensão, parabéns, o seu coração está em dia! 

"Under his eye and blessed be the fruit."

Foto: Hulu

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...