The Walking Dead - S04E04 - Indifference


SPOILER ALERT!

Sinto falta de quando eu aguardava ansiosamente por um novo episódio de The Walking Dead, lá no longínquo início da terceira temporada, que se mostrava promissora. Hoje a realidade é outra, mas a falta de expectativa talvez seja o combustível para que a série volte a funcionar pra mim. Esse talvez seja o principal motivo para eu ter gostado desse S04E04.

Começando com uma ótima sequência em que acompanhamos o diálogo de Carol e a garotinha, enquanto vemos as imagens do dilema de Rick, o único que sabe do segredo da "assassina". Esse entrave moral parece nunca deixar o personagem, o que costuma ser bem interessante. Todo o arco do Xerife e da viúva foi bem bacana de acompanhar, especialmente a frieza com que o primeiro lidava com a situação.

Foi triste ver que o jovem casal não sobreviveu, especialmente depois deles já terem passado pelas 3 fatídicas pergundas do Xerife. Mas estava meio que óbvio que aquilo aconteceria, foi essencial para o desenvolvimento das idéias de Rick e a decisão de expulsar Carol do grupo. Confesso que vibrei no sofá, menos uma pentelha no elenco (ao menos por enquanto). Tal escolha, no entanto, deve causar certa irritação em outros membros do grupo, como Tyreese e Daryl. O segundo especialmente, por nutrir de um carinho especial pela tiazinha.


Dois aspectos foram essenciais para o bom andamento desse Indifference. O primeiro foi o fato da trama ter se passado quase que inteira fora da prisão, algo que traz uma sensação de emergência e perigo constante que antes havia sido amenizada por muros e cercas. O segundo foi o foco em apenas duas narrativas, abordando somente alguns personagens. Quando a série tenta abordar temas de todo o elenco em um único episódio, costuma se perder, como na semana passada.

A segunda narrativa acompanhou o trajeto de Daryl, Michonne e companhia em busca dos antibióticos que podem, ou não, salvar àqueles infectados pela epidemia. Alguns fatos devem ser destacados, como a insistência dos produtores em fazer com que Michonne soe mais simpática nessa temporada (o que não é ruim, diga-se de passagem). Tivemos novamente um take da garota abrindo seu sorriso para as câmeras, ao mesmo tempo em que flertava com nosso arqueiro preferido. Tyreese, por sua vez, continua com seus acessos constantes de raiva e luto. Mas convenhamos, chega de "mimimi" meu amigo, você está no apocalipse zumbi. Get over it!

Certamente o melhor do episódio foi a encarada sinistra de Daryl em Bob, mais conhecido como o merdeiro. Fazer todos correrem risco por causa de uma garrafa de birita? Faça-me o favor. Mr. Dixon logo fez o favor de por o rapaz no lugar dele, e convenhamos que o "médico" ficou com o rabinho entre as pernas. Mas quem não ficaria? Uma grande cena, sem dúvida.

Semana que vem, estaremos de volta a prisão. Boa sorte à todos. Até lá!
__________________________________________________________________________________________________

O CINÉFILO SANTISTA não existe sem você, leitor! Curta o post, compartilhe o link da review, siga a nossa fanpage no Facebook, é só clicar AQUI!

Ajude o blog a manter-se ativo por muito tempo :)

Comentários

  1. Fala, Daniel! Cara, eu sempre detestei a Carol, mas nesta temporada passei a simpatizar com ela. Parte da culpa vem do fato de os roteiristas não estarem desenvolvendo bem os outros personagens, e isso ajudou a Carol a se destacar. E não dá pra negar que ela foi uma das personagens que mais evoluiu na série, se provando muito útil pro grupo. Por isso não apoiei a decisão do Rick... Achei que ele tá mais preocupado em deixar as coisas do jeito que ele quer. Espero que a Carol não suma de vez (ainda não acredito que estou dizendo isso!), pois a série tá precisando de personagens como ela, que causem e entrem em confronto com o Rick! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu ponto de vista é muito interessante Mano, você tem razão.
      Duvido muito que ela suma da série, acredito que ela retorne em breve. Talvez aliada ao Governador, será que é possível. Seria interessante. haha

      Excluir
  2. Eu fico tentando fugir dos spoilers antes de assistir o episódio, mas é difícil, curto várias páginas sobre a série e ficam pipocando reviews. Mas valeu a pena esperar.
    Olha eu gostei do episódio, achei que finalmente a série começa a arriscar um pouco mais, a Carol também não me agrada nem nessa fase nova em que ela é mais realista.
    Até a tentativa dela de ensinar as crianças a usar armas não me parece verdadeira, sei lá, a personagem não me passa a frieza da Andrea ou da Michonne nesses momentos em que se exige mais coragem.
    Eu adorei o fato de ele ter expulsado a Carol, porque isso criou um arco para os demais episódios, um possível embate com o Daryl, ou talvez com o Hershel, o dilema em relação às crianças. Achei uma atitude corajosa dos roteiristas, por que senão a série fica muito mimimi, o que não é crível no mundo apocalíptico em que eles vivem.
    Também gostei dos 4 Cavaleiros do Apocalipse buscando os medicamentos, finalmente parece que o Tyresse vai melhorar depois dos conselhos da Michonne.
    Achei as cenas tensas e bem realistas, parece que a série está caminhando agora, assim espero.
    Gostei também do review,

    Abs,
    Fabiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Fabiana, acho que a decisão de excluir Carol vai gerar muita polêmica. Será que ele explicará o real motivo pelo qual ele a excluiu? Imagino que Daryl se sentirá traído e Tyreese vai querer caçá-la. Enfim. Aguardemos para ver :)

      Torcendo igual você para que a série melhore.

      Excluir

Postar um comentário

Gostou, não gostou, quer conversar sobre? Comenta aí!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...