Primeiras Impressões | Sob Pressão: 3ª Temporada



“Qual é o custo de salvar uma vida?”

Essa é a pergunta apresentada no primeiro episódio da terceira temporada de Sob Pressão, prevista para estrear no próximo dia 2 de maio na Globoplay. Dessa vez, o casal de heróis Evandro (Julio Andrade) e Carolina (Marjorie Estiano) passam por uma nova experiência, longe de sua rotina de cirurgias. Com o fechamento do hospital público Luiz Carlos Macedo, os dois vão trabalhar no Samu, com o objetivo de obter recursos e viajarem com a organização humanitária “Médico Sem Fronteiras”. Seus planos mudam quando a greve dos caminhoneiros se torna um obstáculo na área da saúde.

Na tentativa de contornar a falta de abastecimento durante um atendimento de urgência, Evandro e Carolina buscam ajuda no São Tomé Apóstolo, hospital religioso onde agora Décio (Bruno Garcia) atua como clínico-geral. Na unidade, eles colocam em prática a experiência de anos adquirida nas emergências públicas e, diante do salvamento de uma criança, acabam sendo convidados para trabalhar no local. A proposta é feita pela Irmã Graça (Joana Fomm), Madre Superiora do local, que enxerga no desempenho do casal uma grande oportunidade para a reativação do centro cirúrgico.

Foto: Nathalia Bottino

Infelizmente, foi anunciado que esta será a última temporada da produção. Há tempos não se via uma série dramática na Rede Globo com tanto investimento e reconhecimento. Com a popularização do gênero e o crescimento desse tipo de enredo em plataformas como a Netflix, por exemplo, Sob Pressão teve grande repercussão e foi considerada por muitos a melhor produção brasileira de 2018. Seu grande diferencial para as séries médicas estrangeiras é o reflexo vivo e atual da realidade brasileira na saúde pública, apresentando dramas fortes, identificáveis e presentes no nosso cotidiano.

"Tem uma camada dentro dessa série, porque falando de saúde pública, a gente tá falando do país como um todo. O nosso papel não é de denúncia, mas de constatação. [...] Essa série, como realizador, dá um orgulho muito grande. [...] De uma maneira geral, a gente tá falando do Brasil a cada episódio, do micro ao macro", afirma o diretor Andrucha Waddington.

O tom realista do roteiro consegue transferir com exatidão a tensão e adrenalina do ambiente hospitalar para o espectador, logo nos primeiros minutos de episódio. Como disse o ator Julio Andrade (Serra Pelada), “não há espaço cenas leves”, enrolação ou histórias desnecessárias. Tudo ali é retratado de maneira seca, dinâmica e interessante. Os dramas dos pacientes misturam-se aos dos médicos, o que dá profundidade às trajetórias pessoais de cada um deles.

Foto: Nathalia Bottino

Sob Pressão traz a excelência pelo seu elenco talentoso e dedicado, pela qualidade do que é mostrado e como é mostrado, e porque transborda o simples entretenimento ao expor a saúde pública no Brasil através do caos que assola nossos hospitais, e através do contexto político que o país passa. É atual ao abrir espaço para mostrar como o que acontece no país, seja a corrupção, seja a violência urbana, seja a milícia, seja o que for, impactam a saúde pública. É uma série que apresenta um compromisso com a verdade, e é uma pena que tenhamos que nos despedir desses personagens e dessas histórias, que na verdade, são as nossas.

"Todos os temas, mesmo fora do hospital, estão levando para o hospital. A gente não tá falando da greve dos caminhoneiros da perspectiva política. A gente tá falando como isso atinge a saúde. Então, por isso que é pertinente para a nossa série", conta Lucas Paraizo.

O Cinéfilo em Série esteve presente na coletiva de imprensa de lançamento da terceira temporada dae Sob Pressão. Confira abaixo o vídeo que fizemos com a produção e o elenco!


Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...