Primeiras Impressões | Rocketman



O Cinéfilo em Série, a convite da Paramount Pictures, esteve presente em um evento exclusivo onde foram exibidos 15 minutos de Rocketman (2019), cinebiografia do cantor e compositor Elton John, estrelada por Taron Egerton (Kingsman: O Círculo Dourado) e que traz nomes como Bryce Dallas Howard (Jurassic World: Reino Ameaçado), Richard Madden (Game of Thrones) e Jamie Bell (Estrelas de Cinema Nunca Morrem).

O longa é dirigido por Dexter Fletcher (Voando Alto), cineasta que ganhou notoriedade recentemente por assumir o controle de Bohemian Rhapsody (2018) após a demissão de Bryan Singer (X-Men: Dias de um Futuro Esquecido). Com cinebiografias musicais em evidência, Rocketman parece chegar em boa hora, especialmente pela ousadia e inovação de sua proposta, características associáveis a própria figura de Elton John. Ainda assim a obra não deve fugir de alguns clichês inevitáveis, como em uma das cenas que assistimos, onde o potencial do astro é esnobado por um executivo.

Elton John teve seu primeiro show nos Estados Unidos, no Troubadour. No filme, cantando "Crocodile Rock", o musicista se vê flutuando, assim como parte de sua plateia, nos passando a sensação de que o longa brincará com o lúdico de forma criativa. Outra cena segue essa linguagem, em uma discussão entre Elton e seu letrista, Bernie Taupin (Jamie Bell), que se desenrola através da canção "Goodbye Yellow Brick Road".

A atuação intensa e possivelmente certeira de Taron Egerton parecem carregar o filme, fazendo com que a expectativa pelo mesmo aumente. E, pelo pouco que assistimos, não se surpreendam se essa campanha caminhar até as indicações ao Oscar 2020. No mais, o filme tem tudo para surpreender e trazer novidade a um subgênero que costuma ficar dentro da caixinha.

Rocketman estreia dia 30 de maio nos cinemas brasileiros.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...