5 Obras Indispensáveis de Matthew McConaughey


Se pudéssemos definir o ator norte-americano Matthew McConaughey em uma palavra seria multifacetado. Roteirista, diretor, cenógrafo, produtor, professor universitário e, claro, ator multipremiado, um dos mais aclamados de sua geração.

Com quase 30 anos de carreira ininterrupta, fica quase impossível escolher uma única obra que defina seu trabalho. Sendo assim, listarei aqui apenas 5 delas, as que considero indispensáveis para quem quer conhecer um pouco mais o ator.


Como Perder um Homem em 10 Dias
(How to Lose a Guy in 10 Days, 2003)



Um dos destaques da grade da "Tela de Sucessos", do SBT, e que hoje reina absoluto na "Sessão da Tarde", da Rede Globo. Como Perder um Homem em 10 Dias se tornou um clássico da comédia romântica. 

Dirigido por Donald Petrie (Miss Simpatia), o longa-metragem conta a história de Ben (McConaughey), que faz uma aposta com seu chefe afirmando que consegue fazer qualquer mulher se apaixonar por ele em 10 dias. Se conseguir, será responsável por uma conta de uma joalheria. Andie (Kate Hudson), por sua vez, é uma jornalista que esta decida a infernizar a vida de qualquer homem que entrar em sua vida, em função de uma matéria. Os dois se conhecem em um bar e  o resto vocês podem imaginar.


Somos Marshall
(We Are Marshall, 2006)


Baseado em uma história real, Somos Marshall acompanha o técnico Jack Lengyel (McConaughey), que chega a pequena cidade Huntington, na Virginia Ocidental, com a difícil missão de reconstruir o time de futebol americano da universidade local, que fora devastado pelo acidente aéreo que vitimou mais de 75 pessoas – entre jogadores, comissão técnica e alguns torcedores.

Trata-se de uma história poderosa sobre superação e aprendizado, que traz em seu elenco nomes como January Jones (Mad Men), Matthew Fox (LOST), Kate Mara (House of Cards) e Anthony Mackie (Vingadores: Guerra Infinita).


Contato
(Contact, 1997)


Baseado no romance homônimo do astrofísico Carl Sagan (1934-1996), Contato é um clássico da ficção cientifica, que conta a história de Ellie Arroway (Jodie Foster), cientista da SETI que encontra evidências de civilizações extraterrestres ao descobrir como construir uma máquina capaz de fazer viagens intergalácticas. No longa, McConaughey interpreta Palmer Joss, filósofo e interesse amoroso da protagonista. 

Uma curiosidade interessante é que, em 2014, o ator interpreta o cientista Cooper no aclamado Interestelar, de Christopher Nolan (Dunkirk), filme que faz referência a Contato


Clube de Compras Dallas
(Dallas Buyers Club, 2013)


Em mais uma história baseada em fatos, somos apresentados ao eletricista e peão Ron Woodroof (McConaughey), que foi diagnosticado com AIDS em 1986, período em que a doença se alastrou pelo mundo. Com a expectativa de seis meses de vida, o personagem se recusa a aceitar o prognóstico e passa a buscar tratamentos alternativos, contrabandeando drogas ilegais do México e estabelecendo o tal Clube de Compras Dallas do título.

Para essa que é considerada a melhor interpretação de sua carreira, o ator teve que emagrecer mais de 20 quilos, algo que lhe rendeu Oscar e o Globo de Ouro.


True Detective
(Primeira Temporada)



Apesar desta lista basear-se predominantemente na carreira cinematográfica do ator, uma de suas mais celebradas atuações aconteceu na TV, na produção da HBO, True Detective.

Criada por Nic Pizzolatto e com a direção de Cary Joji Fukunaga (Maniac), a primeira temporada da série antológica traz, em seus oito episódios, várias perspectivas de um crime realizado por um assassino em série. O caso é investigado pelos detetives Rust Cohle (McConaughey) e Martin Hart (Woody Harrelson), no ano de 1995, na Louisiana. Doze anos depois o caso é reaberto e os próprios detetives passam a ser questionados pela polícia, que ainda tenta prender o assassino. 

O ator entregou um trabalho soturno e enigmático, criando um clima de mistério singular para a produção. Para McConaughey, o detetive Cohle foi um dos personagens que mais gostou de viver em tela em toda a sua carreira, não à toa já declarou algumas vezes que adoraria reviver o papel no futuro.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...